Chadwick Boseman gravou 'Pantera Negra' após o diagnóstico de câncer

variedades
29.08.2020, 08:56:00
Atualizado: 29.08.2020, 11:31:02
(Divulgação)

Chadwick Boseman gravou 'Pantera Negra' após o diagnóstico de câncer

Ator participou de vários filmes, mesmo enfrentando tratamento contra doença

O ator Chadwick Boseman viveu o primeiro herói negro da Marvel nos cinemas já enquanto lutava contra o câncer de cólon que terminou por tirar sua vida. O ator faleceu aos 43 anos, nesta sexta-feira (26)

No mesmo ano em que descobriu a doença, àquela altura em estágio III, Boseman interpretou o Rei T'Challa pela primeira vez, no filme "Capitão América: Guerra Civil". Foi o início da sua trajetória no universo cinematográfico da Marvel, com previsão inicial de cinco filmes.

Boseman não fez testes para ser escalado. Ele conversou com produtores sobre seu interesse em dar vida ao personagem, criado em 1996. O ator recebeu cerca de US$ 2 milhões para participar do filme.

Entre janeiro e abril de 2017, Boseman se dedicou às filmagens do filme solo do Pantera Negra. O longe foi sucesso de crítica e público, arrecadando mais de US$ 1 bilhão em todo mundo e sendo indicado a seis Oscars, levando três.

Para viver T'challa, Chadwick contou que treinou jiu-jitsu, capoeira e outras artes marciais. "É muito trabalhoso, mas o físico é a chave para entrar no personagem", explicou.

Foram três meses de intensas gravações nos EUA e na Coreia do Sul. Depois, foi a época de trabalhar na divulgação do filme. 

Boseman voltou a aparecer como T'challa em "Vingadores: Guerra Infinita", de 2018, e "Vingadores: Ultimato", de 2019. Ele tinha uma sequência do Pantera Negra programada para 2022.

Além dos filmes da Marvel, o ator também participou no período de "Crime sem Saída", de 2019, e de "Destacamento Blood", filme de Spike Lee lançado este ano pela Netflix. A participação em outro filme da gigante do streaming, "Ma Rainey's Black Bottom", já foi gravada. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas