Chaves: Professor Girafales era casado e vivia caso extraconjugal com Dona Florinda

em alta
06.12.2021, 08:22:32
Professor usava aliança (Foto: Reprodução / SBT)

Chaves: Professor Girafales era casado e vivia caso extraconjugal com Dona Florinda

Revelação foi feita por filho de Roberto Bolaños, criador do seriado

A maior história de amor do seriado Chaves, na verdade, era uma história de traição. Em entrevista ao canal "Javier Alarcón", no Youtube, Roberto Gómez Fernández, o filho de Roberto Bolaños, revelou que o professor Girafales era casado enquanto tomava 'xícaras de café' com Dona Florinda.

"Professor Girafales usava aliança. Em vários capítulos dá para ver a aliança em sua mão. Então, a verdadeira história do Professor Girafales é que ele é realmente casado", revelou o filho do ator que viveu Chaves.

No seriado, Girafales sempre aparecia com um buquê de flores em mãos. O casal ficou imortalizado na memória dos fãs com o bordão "não gostaria de entrar para tomar uma xícara de café?". Sempre emendado por um "depois da senhora".

Por conta deste problema conjugal, o casal jamais evoluiu na trama. 

Vale lembrar que Dona Florinda era viúva de Federico, o pai de Quico. Ele, que era capitão da Marinha, morreu comido por um tubarão após o barco em que estava naufragar.

Família de Chaves
Outra revelação feita pelo filho de Bolaños é de que Chaves era um garoto órfão pela falta de atores para gravar a família do personagem.

"Porque não tínhamos atores. Precisamos de um elenco gigante para ter famílias completas e não havia espaço", contou.

Roberto Bolaños, o interprete de Chaves, faleceu aos 85 anos em Cáncun, no México. Já o ator Rubén Aguirre, que deu vida ao Professor Girafales, morreu em 2016.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas