Chegou, jogou: Carleto estreia pelo Vitória e se apresenta

e.c. vitória
08.10.2019, 23:40:00
Jordy Caicedo e Thiago Carleto comemoram (Tiago Caldas/CORREIO)

Chegou, jogou: Carleto estreia pelo Vitória e se apresenta

Lateral comenta salários atrasados e diz que tem uma "missão" no clube

O lateral esquerdo Thiago Carleto tem menos de uma semana no Vitória. Vindo do Ceará, o reforço chegou à Toca do Leão no dia 6. Nesta terça-feira (8), estreou “na fogueira”, como titular, e deu conta do recado.

Carleto teve atuação destacada na vitória por 3x1 do Leão sobre o Oeste, no Barradão, pela 27ª rodada. Com os três pontos, o rubro-negro deixou a zona de rebaixamento da Série B. Agora é o 16º colocado com 29 pontos, mesma pontuação do Vila Nova, 17º, mas com um triunfo a mais.

Ele acabou se apresentando oficialmente na saída de campo, já que ainda não havia concedido entrevista. “Vi um grupo muito forte e unido. Há quatro meses tive chance de vir para cá, mas não deu certo. Agora estou aqui. Algo me diz que era para ser assim, estar aqui”, comentou ao canal SporTV.

“Acredito que tenho uma missão no Vitória. Felicidade de atuar por um grande clube e ter um grande desafio. Só estamos pensando em jogar. Jamais vamos deixar o Vitória cair para a Série C. Não vim para o clube para brincar, vim para assumir uma responsabilidade grande e brigar”, completou.

Carleto comentou a situação do clube: “Todo mundo sabe que o Vitória passa por um momento difícil, tanto dentro de campo como fora. Tem algumas coisas acontecendo, coisas em atraso. Mas tem um presidente que é responsável, que senta com o jogador e fala na cara. Ele já falou com o grupo, explicou, disse que vai resolver. Tenho certeza que isso não vai ser um problema”.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas