Cicinho de Assis se apresenta no Hemoba nesta segunda (14)

minha bahia
13.06.2021, 20:35:00
(divulgação)

Cicinho de Assis se apresenta no Hemoba nesta segunda (14)

Sanfoneiro estará acompanhado da filha no Dia Mundial do Doador de Sangue

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O cantor e sanfoneiro Cicinho de Assis se apresenta nesta segunda-feira (14), às 10h, na sede da Hemoba, na Vasco da Gama, em Salvador, em celebração ao Dia Mundial do Doador de Sangue. Acompanhando de sua filha, Julie de Assis, ex-The Voice Kids, vai tocar canções autorais e de outros artistas do forró tradicional. O cerimonial ficará por conta do multiartista Edd Bala, que vai estar diretamente da Fundação Hemoba apresentando as atividades. 

A partir das 8h30 os estudantes do ensino médio do Colégio Nossa Senhora das Mercês farão uma apresentação de cordéis e às 11h30, o cantor e compositor Junior Machado se apresentará na área externa da instituição. Durante a manhã, também será feita uma live com Ed Bala no instagram da Hemoba (@hemobaoficial) sobre o ciclo do sangue, mostrando cada etapa da doação de sangue e os processos pelos quais passam a bolsa antes de ser transfundida em quem precisa.    

O cantor e compositor Adelmário Coelho encerra o dia com uma participação virtual direto do seu estúdio com Edd Bala.                                                                                                                                                         

Como doar
Para doar sangue, o voluntário deve estar de máscara, em boas condições de saúde, sem sintomas virais, pesar mais de 50 quilos, estar bem alimentado, ter dormido pelo menos 6h, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12h, não fumar por, pelo menos, duas horas, e ter entre 16 e 69 anos incompletos. Menores de 18 anos precisam estar acompanhados de um responsável legal, e apresentar documento original com foto, emitido por órgão oficial e válido em todo o território nacional.   

Pessoas que se vacinaram contra a Covid-19 com a vacina da Coronavac, poderão doar sangue após 48 horas. No caso do imunizante da AstraZeneca e da Pfizer, as pessoas podem doar após sete dias da vacinação. Durante a pandemia, a recomendação é de que pessoas com mais de 60 anos permaneçam em casa.  

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas