Cigano suspeito de feminicídio é preso em Ilhéus

bahia
07.04.2021, 12:39:00
Atualizado: 07.04.2021, 16:26:30
(Reprodução/TV Santa Cruz)

Cigano suspeito de feminicídio é preso em Ilhéus

Ele estava com um mandado de prisão preventiva em aberto

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O cigano Carleondas Brito Meira, 42 anos, foi preso, nesta terça-feira (6), suspeito de matar a esposa Ana Paula Silgueiras de Jesus., 36, a facadas A polícia classificou o caso como feminicídio, e a prisão aconteceu no município de Ilhéus, no Sul do estado.

O crime ocorreu no dia 12 de outubro de 2020, ao final de uma comemoração a Nossa Senhora Aparecida, na residência do casal, em um acampamento para ciganos, localizado próximo ao Terminal Rodoviário de Canavieiras.

Carleondas teria atacado a vítima com uma faca e, em seguida, fugiu. Ele estava com um mandado de prisão preventiva em aberto, expedido pela Vara Criminal de Canavieiras. 

O corpo da vítima foi encontrado pelo filho adolescente. Na época, familiares contaram que Carleondas era muito ciumento e sempre brigava com Ana Paula, mas ela nunca procurou a polícia para prestar queixa sobre nenhuma situação. 

O suspeito já foi preso anteriormente por violência doméstica e injúria racial. Agora, a prisão foi realizada por investigadores da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/ Ilhéus), e Carleondas foi encaminhado para o sistema prisional.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas