Com alta demanda, área de tecnologia necessita de atualização constante; confira cursos

empregos
22.03.2021, 06:00:00

Com alta demanda, área de tecnologia necessita de atualização constante; confira cursos

A aceleração do processo de transformação digital aumentou ainda mais a procura por profissionais da área de TI

A aceleração do processo de transformação digital causado pela pandemia do coronavírus aumentou ainda mais a demanda por profissionais da área de tecnologia. Com isso, há uma disputa por pessoal qualificado e uma inflação salarial. Ser capacitado implica estar em constante atualização e, para isso, diversos cursos possibilitam a continuidade dos estudos.

“A área de tecnologia é um segmento de mercado com muitas possibilidades. Para aproveitá-las, as pessoas precisam ver com o que se identificam mais e trilhar uma carreira com um foco específico. É preciso ter dedicação para se especializar”, afirma Wladimir Martins, presidente da Associação Brasileira de Recursos Humanos, regional Bahia (ABRH-BA).

Os profissionais de tecnologia já vinham sendo cada vez mais demandados pelo mercado nos últimos anos, mas, segundo Vitor Silva, Branch Manager da Robert Half, uma empresa global de consultoria de recursos humanos, a necessidade de trabalhar de forma remota e o reposicionamento digital das empresas intensificaram a necessidade de contratação de profissionais da área. Em meio ao boom da área, as posições de segurança da informação, cientistas e engenheiros de dados; desenvolvedores e engenheiros de software; infraestrutura e cloud; e business intelligence se destacam, segundo o Guia Salarial 2021, da Robert Half.

As demandas do mercado por certas áreas de tecnologia foram impactadas pela pandemia, afirma Silva. Analistas de Cibersegurança, por exemplo, são muito visados porque mais empresas estão online, o que as torna mais expostas a ataques cibernéticos. Perfis de Scrum Master, uma espécie de gerente de projetos, também são bastante procurados por serem os responsáveis pela organização das equipes que trazem soluções tecnológicas. “A parte de como pegar os dados e tratar essas informações para auxiliar na tomada de decisão está forte. Quem faz isso é o analista ou cientista de dados”, afirma o coordenador do curso de sistemas de informação da Unime, Alex Paixão.

Na Inovit, que é especializada em Tecnologia da Informação, a pandemia aumentou a demanda dos clientes por soluções de e-mail robustas que permitam o acesso aos arquivos fora do computador da empresa. Também cresceram as necessidades por help desk (suporte), segurança e cloud. CEO da empresa, Renato Carneiro explica quais conhecimentos são valiosos para atender as carências dos clientes: “para help desk é preciso ter um conhecimento de microinformática. Em cloud, estão sendo feitos projetos para migrar serviços para a nuvem. Por isso, é preciso aprender sobre infraestrutura e serviços de rede e, depois, buscar uma plataforma para se especializar”. 

Quanto à segurança, o CEO indica dominar o conceito de segurança da informação, conhecer sobre protocolos e rede de computadores. O próximo passo é se aprofundar em alguma área, como firewall.

CEO da Inovit, Renato Carneiro, percebeu um aumento das demandas por help desk, segurança e cloud (Foto: Reprodução)

O Guia Salarial 2021 ainda aponta as carreiras do futuro na área de tecnologia: arquitetos de segurança, detetives de dados, engenheiros de Inteligência Artificial e especialistas em transformação digital. “A inteligência artificial ainda é um campo muito fértil e que terá forte demanda do mercado entre 2 e 4 anos. Os perfis de liderança de transformação digital já são demandados, mas vão ser ainda mais visados nos próximos 10 anos”, explica Silva, da Robert Half,.

Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), de 2020, o déficit na força de trabalho do setor de Tecnologia da Informação deve chegar a 300 mil profissionais até 2024. A procura já está em alta, o que eleva o valor dos salários dos profissionais. “Há uma corrida de grandes empresas em busca dos profissionais. Falta mão de obra e salário ficou hiper valorizado. As organizações também tiveram que tomar cuidado para não perder profissionais para o mercado”, comenta Martins, da ABRH-BA.

O Guia da Robert Half traz quatro faixas salariais por cargo em diversas funções da área de tecnologia sempre associadas aos percentis (25º/50º/75º/95º). No documento, o percentil 25º representa um candidato novo no trabalho ou que ainda está desenvolvendo habilidades relevantes, já o 95º representa um candidato com alto nível de experiência. A empresa ressalta que o 50º não significa, necessariamente, a mediana do salário para determinado cargo.

No documento, o salário de um Scrum Master varia entre R$ 8.800, para um iniciante (25º), e R$ 17.900 para o candidato com alto nível (95º). No meio, estão os profissionais com os percentis 50º e 75º, com salários de R$ 11.400 e R$ 14.700, respectivamente.

Já os seguintes salários estão listados para um Analista de Segurança Júnior: R$ 3.850 (25º), R$ 5 mil (50º), R$ 6.450 (75º) e R$ 7.850 (95º). Na área de Help Desk, o guia aponta que o salário de um Analista de Suporte Pleno deve ganhar R$ 4.600 (25º), R$ 6 mil (50º), R$ 7.750 (75º) e R$ 9.400 (95º).

Para um Desenvolvedor back-end Pleno iniciante (25º), o documento aponta um salário de R$ 5.400. O valor aumenta para R$ 7 mil (50º) e para R$ 9.050 (75º) até chegar aos R$ 11 mil de um profissional mais experiente (95º).

Um Cientista de Dados com alta experiência (95º) pode ganhar R$ 26.700, mais que o dobro dos R$ 13.100 apontados como o salário para um funcionário mais iniciante (25º). Entre os dois extremos, os valores apontados são R$ 17 mil (50º) e R$ 21.950 (75º).

CURSOS

Diversos cursos online podem ajudar o profissional de tecnologia a se manter atualizado. Os entrevistados citam a Udemy e a Hotmart como boas plataformas para buscar os conteúdos. 

Para escolher os cursos de qualificação, o indicado é definir qual caminho trilhar com base nas projeções de carreira. O consenso é que não basta ter feito o curso, mas é preciso saber aplicar o conhecimento na prática. De acordo com Silva, apenas em cargos mais gerenciais o nome de uma instituição pode ter maior peso para os contratantes.

 “A escolha dos cursos é variável porque depende da área que o profissional vai seguir”, afirma o presidente da ABRH-BA.

O Coordenador do curso de sistemas de informação da Unime recomenda uma boa base de lógica de programação, com a linguagem C. Depois, é possível se aprofundar em outros códigos. De acordo com ele, a Flutter é uma linguagem que está em alta no momento.

A própria Unime lançou a Academia Tech, que oferece 12 cursos em tecnologia da informação de quatro a cinco semestres para preparar os alunos para ingressar no mercado de trabalho logo no 1º ano. Segundo a instituição, os salários dos profissionais da área dos cursos oferecidos possuem uma média  entre R$ 2.190,25 e R$ 7.701.  

Apesar da ampla gama de conteúdos disponíveis na internet, uma graduação na área de tecnologia, como nos cursos de Ciência da Computação e Engenharia de Software ou de Dados, são bem vistos. Ter experiência na área demandada pela vaga também costuma ser um requisito para a contratação e saber falar inglês é um diferencial no mercado, apontam os entrevistados.

“O que mais falta nas posições de tecnologia, por serem serviços técnicos e analíticos, são profissionais com uma comunicação assertiva, com visão de negócio e uma boa relação interpessoal”, afirma Silva.

Confira os cursos online de qualificação para as áreas mais requisitadas

Algoritmos e Lógica de Programação 2021 - O Curso COMPLETO
Preço: R$ 189,90
Duração: 30h30
Nível: iniciante
Plataforma: Udemy
Link: https://www.udemy.com/course/curso-algoritmos-logica-de-programacao/

Fundamentos de Flutter: Crie o seu primeiro App
Preço: R$ 189,90
Duração: 6h
Nível: intermediário
Plataforma: Udemy
Link:

Modelagem de ameaças - Construção de sistemas seguros
Preço: R$ 69,90
Duração: 8h30
Nível: intermediário
Plataforma: Udemy
Link:

Curso de Business Intelligence com Pentaho
Preço: R$ 700,00
Duração: 10h
Nível: não informado
Plataforma: Hotmart
Link:

Applied AI with DeepLearning (Inteligência artificial aplicada com DeepLearning - legendas em Português)
Preço: gratuito
Duração: 24h
Nível: Avançado
Plataforma: Coursera (IBM)
Link: https://www.coursera.org/learn/ai

Computação em Nuvem - tecnólogo
Preço: mensalidades a partir de R$ 149
Duração: 5 semestres (disponível na modalidade EAD)
Nível: tecnólogo
Institução: Unime
Link:

Introdução ao Teste de Software
Preço: gratuito
Duração: 16h
Nível: iniciante
Plataforma: Coursera (USP)
Link: https://www.coursera.org/learn/intro-teste-de-software

Especialização em Active Directory - Windows Server 2019
Preço: R$ 69,90
Duração: 16h
Nível: intermediário
Plataforma: Udemy
Link: https://www.udemy.com/course/especializacao-em-active-directory-windows-server-2019/

Troubleshooting avançado no firewall Fortigate (foco em CLI)
Preço: R$144,90
Duração: 3h30
Nível: intermediário
Plataforma: Udemy
Link:

Introdução a Machine Learning em uma Competição do Kaggle
Preço: gratuito
Duração: 2h
Nível: básico
Plataforma: Coursera
Link:



***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas