Com Artur, Bahia treina de olho em confronto com o Grêmio

e.c. bahia
14.10.2019, 19:41:00
Atualizado: 14.10.2019, 19:41:57
Tricolor treinou no CT do Inter de olho no confronto com o Grêmio (Foto: Divulgação )

Com Artur, Bahia treina de olho em confronto com o Grêmio

Esquadrão encara o time gaúcho nesta quarta (16), em Porto Alegre

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Sem tempo para perder, o Bahia iniciou a preparação para enfrentar o Grêmio, adversário desta quarta-feira (16), às 19h15, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Na capital gaúcha, o Esquadrão voltou aos treinos nesta segunda-feira (14).

No CT do Internacional, o técnico Roger Machado comandou um treino com bola entre os reservas. O único titular que participou da atividade foi o goleiro Douglas.

Enquanto isso, os jogadores que atuaram mais de 45 minutos contra o Fluminense fizeram um treino regenerativo no hotel.

Contra o Grêmio, o tricolor não vai contar com os laterais Moisés e Nino Paraíba. Os dois estão machucados e foram vetados pelo departamento médico. A tendência é a de que Giovanni e João Pedro sigam na equipe. O lateral-direito Ezequiel também está à disposição.

No ataque, retorno certo é o do atacante Artur. Ele volta ao time após cumprir suspensão pelo terceiro amarelo. A única dúvida para Roger fica no meio-campo. O treinador está entre escalar o volante Ronaldo ou montar um esquema mais ofensivo com o meia Guerra.

Nesta terça-feira (15), o elenco tricolor volta aos treinos no CT do Internacional e Roger Machado vai definir a equipe. A escalação, no entanto, só vai ser divulgada minutos antes do início da partida.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas