Com baixas, Vitória tenta vencer pela primeira vez na temporada

e.c. vitória
23.01.2022, 05:00:00
Lateral direito Iury é uma das novidades do Vitória contra o Barcelona de Ilhéus (PIETRO CARPI / ECVITÓRIA)

Com baixas, Vitória tenta vencer pela primeira vez na temporada

Rubro-negro vai enfrentar o caçula Barcelona de Ilhéus, hoje, na grama sintética da Arena Cajueiro

O Vitória quer vencer pela primeira vez na temporada 2022 e vai em busca disso neste domingo (23). Às 16h, a equipe comandada por Dado Cavalcanti enfrenta o Barcelona de Ilhéus, em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Baiano. A partida será disputada na Arena Cajueiro, em Feira de Santana, porque o estádio Maria Pessoa, onde a equipe novata no estadual manda os jogos, ainda passa por obras.

Faz mais de dois meses que os rubro-negros não comemoram. A última vez que o Vitória saiu de campo vitorioso foi em 14 de novembro do ano passado, quando bateu o Cruzeiro por 3x0, no Barradão, pela Série B do Brasileiro. Duas rodadas depois, amargou o rebaixamento à terceira divisão do futebol nacional.

Naquela partida, David foi o único jogador do Vitória a balançar a rede. Ele marcou duas vezes e viu Thiago anotar contra. O atacante desfalcou o time na estreia do estadual, quando o Vitória empatou em 1x1 com a Juazeirense, no Barradão, porque estava com covid-19. Dessa vez ele vai ficar fora novamente, e por um motivo mais complexo.

Recuperado da doença, ele voltou a treinar ao longo da semana e seria titular contra o Barcelona de Ilhéus, mas após divergências entre seus empresários e a diretoria do Vitória durante a negociação da transferência para o Metalist, da Ucrânia, David não compareceu aos treinos na quinta nem na sexta-feira.

O jogador alega que tem direito a 10% dos direitos econômicos, o que a diretoria afirma não constar no contrato, que foi renovado em maio de 2021 e vai até dezembro de 2024. Com o imbróglio, a proposta de US$ 1,2 milhão (R$ 6,5 milhões) foi recusada pelo clube, que receberia US$ 996 mil (R$ 5,4 milhões), pois tem 83% dos direitos econômicos, e ficaria com 20% para receber em caso de venda futura.

David não será a única baixa. Com lesão muscular, o lateral direito Alemão também não enfrenta o Barcelona. Titular contra a Juazeirense, ele será substituído por Iury. Apesar das ausências, Dado Cavalcanti terá o retorno de cinco atletas. Recuperados da covid-19, o goleiro Caíque, os zagueiros Mateus Moraes e Carlos, o volante Alan Santos e o atacante Jefferson Renan estão à disposição.

Uma provável escalação do Vitória diante do Barcelona de Ilhéus tem Lucas Arcanjo, Iury, Alisson Cassiano, Mateus Moraes (Marco Antônio) e Salomão; João Pedro, Pablo (Gabriel Santiago) e Jadson; Luidy, Guilherme Queiroz e Eduardo.

GRAMADO
Além de jogar fora de casa, o Leão tem outro fator desafiador: o gramado sintético da Arena Cajueiro. O elenco rubro-negro, inclusive, treinou durante a semana no campo de mesmo tipo de piso existente na Toca do Leão. Apesar da diferença, Dado Cavalcanti acredita que o time vai mostrar mais futebol do que na estreia do Baiano. 

“A gente entende a mudança do gramado, a mudança da caracterização do jogo, vai ser um jogo mais rápido. Um campo com superfície artificial gera mais reações e vai haver também um desgaste mais forte dos jogadores. A gente está tentando se adaptar a essa nova condição e, independentemente dessa situação diferente, acredito muito que os nossos jogadores, por se tratar de um segundo jogo, vão entrar mais preparados que no primeiro”, projeta o comandante rubro-negro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas