Com covid-19, deputada que defende tratamento com ozônio via retal é internada

brasil
11.08.2020, 22:34:00
Atualizado: 11.08.2020, 22:34:50
(Foto: Agência Câmara)

Com covid-19, deputada que defende tratamento com ozônio via retal é internada

Paula Belmonte contou a colegas parlamentares que está com 30% dos pulmões comprometidos e admitiu estar preocupada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF), que testou positivo para covid-19, foi internada na manhã desta terça-feira (11) em um hospital particular de Brasília. Ela relatou, em mensagem enviada a outros colegas parlamentares, que teve 30% dos pulmões comprometidos pela doença. 

A parlamentar também comentou que está preocupada, e explicou a motivação: “O médico avaliou pela internação. Tenho aneurisma cerebral, uma preocupação. Estou tossindo, me sentindo cansada, mas tranquila. Confesso, quando recebi a notícia da internação, me deu frio na barriga.”

Paula Belmonte é autora de um projeto de lei que autoriza o uso da ozonioterapia no combate ao novo coronavírus. O procedimento consiste na aplicação de oxigênio e ozônio no corpo do paciente, preferencialmente através do ânus. Não há evidências científicas de que o tratamento funcione contra a doença.

Até o início da noite, a unidade de saúde não havia divulgado um boletim médico, mas a assessoria da parlamentar informou ao portal G1 que Paula “está bem”.

No projeto pró-ozonioterapia, a parlamentar explica a defesa do procedimento: “Salienta-se que é pacífico que ainda não há qualquer evidência científica relacionada à efetividade da ozonioterapia na prevenção ou tratamento para o Coronavírus, entretanto, possibilitar que a comunidade médica utilize o tratamento quando julgar necessário pode se tornar benéfico, afinal, 'essa terapia vem sendo cada vez mais estudada com intuito de auxiliar em tratamentos de feridas extensas, infecções fúngicas, bacterianas e virais, lesões isquêmicas e várias outras afecções, tendo se mostrado muito eficaz na maioria dos casos'".

Aliança
A deputada é esposa do empresário Luís Felipe Belmonte, apoiador do presidente Jair Bolsonaro e ligado ao partido que ele quer criar, o Aliança pelo Brasil. O empresário também é primeiro suplente do senador Izalci Lucas (PSDB).

Em junho, Belmonte foi alvo de uma operação da Polícia Federal que investiga a realização de atos antidemocráticos. Em depoimento aos agentes, ele optou por ficar calado. A jornalistas, negou participação nos atos. As informações são do portal G1.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas