Com figurino futurista, Margareth Menezes arrasta trio Afropop

carnaval
22.02.2020, 00:11:08
(Betto Jr./CORREIO)

Com figurino futurista, Margareth Menezes arrasta trio Afropop

Cantora fez homenagem aos 40 anos do Olodum; figurino fez referência à banda

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Pedro Machado saiu de sua casa no bairro de São Cristóvão e atravessou a cidade com destino à Barra com um objetivo claro: curtir a pipoca de Anitta. Só que o atendente de 22 anos não contava com um imprevisto: a pegada de Margareth Menezes, que saiu no circuito durante a noite desta sexta-feira (21). Quando a percussão deu o tom para a voz da Maga entrar cantando Dandalunda, o rapaz não resistiu e deixou Anitta para mais tarde.

De fato, resistir ao talento de Margareth é uma tarefa ingrata. Aos 57 anos, a soteropolitana tem espírito de jovem e faz questão de compartilhar essa dádiva lá de cima do trio Afropop.

CORREIO Folia: confira todas as notícias do Carnaval 2020

Vestida com um figurino futurista assinado pelo estilista Céu Rocha, Margareth fez uma homenagem aos 40 anos do Olodum. As cores de sua roupa faziam uma referência óbvia à banda e sua tradição que chega a quatro décadas.

"Como é que resiste a essa mulher? Ela é a cara e representação do que é o Carnaval!", exclamou Pedro entre um passo e outro da dança que lançou em frente ao Farol. 

Com 32 anos de carreira, Margareth ostentou experiência durante seu desfile e fez a alegria da pipoca tocando músicas que só parecem fazer o sentido verdadeiro quando cantadas em sua voz. O que seria de Faraó e Elegibô sem a potência de Margareth? O folião Vitor Vittória, que aproveitou a folia para vender seus geladinhos alcoólicos e refrigerar um pouco o calor da festa, afirma que não sabe responder à pergunta feita acima. 

Além das músicas já consagradas, Margareth também deu espaço para canções do seu último álbum, Autêntica, lançado em 2019 - o décimo gravado em estúdio pela cantora.

*Com orientação da chefe de reportagem Perla Ribeiro

O CORREIO Folia tem o patrocínio do Hapvida, Sotero Ambiental, apoio institucional da Prefeitura Municipal de Salvador e apoio do Salvador Bahia Airports e Claro.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas