Com gol de prata da casa, Vitória vence o Brasil de Pelotas: 1x0

e.c. vitória
29.01.2021, 23:53:00
Jogadores do Vitória comemoram gol marcado diante do Brasil de Pelotas (Volmer Perez/Estadão Conteúdo)

Com gol de prata da casa, Vitória vence o Brasil de Pelotas: 1x0

Samuel marcou o primeiro da carreira profissional e o último do rubro-negro na Série B

Com um time repleto de jovens formados na Toca do Leão, o Vitória venceu o Brasil de Pelotas na despedida da Série B de 2020. O centroavante Samuel, 20 anos, fez o único gol do jogo e o primeiro da carreira profissional. O resultado conquistado na noite desta sexta-feira (29), no estádio Bento Freitas, fez o rubro-negro subir uma posição na tabela e terminar a competição na 14ª colocação, com 48 pontos, a nove do Z4 e a 13 do G4. 

Já sem risco de ser rebaixado, o Vitória entrou em campo na última rodada da competição com cinco jogadores revelados na própria base. Samuel precisou esperar um tempo inteiro para deixar o banco e se tornar protagonista. O goleiro Yuri, o zagueiro Mateus Moraes, os meias Gabriel Santiago e Eduardo, além do atacante Ruan Nascimento tiveram a oportunidade de exibir o os recursos que têm desde o apito inicial. O primeiro deles a mostrar serviço foi Yuri. Logo aos sete minutos, o arqueiro rubro-negro fez bela defesa após chute de Dellatorre de dentro da área. 

Na sequência, foi a vez de Matheus Nogueira ser chamado para o jogo. O goleiro do Brasil de Pelotas defendeu a tentativa de bicicleta de Júnior Viçosa. Lá e cá, Bruno José invadiu a área do Vitória, mas chutou pra fora. As ações foram interrompidas aos 37 minutos, quando houve queda de energia em duas torres de refletores do estádio Bento Freitas. A bola voltou a rolar após 20 minutos, mas nenhum lance emocionante foi registrado até o intervalo.

PRIMEIRO GOL DA CARREIRA

O recomeço do segundo tempo contou com mais duas atrações da base do Vitória. O centroavante Samuel e o lateral esquerdo Pedrinho entraram nos lugares de Júnior Viçosa e Alisson Farias, respectivamente. Na estreia como profissional, Pedrinho tratou de apresentar o cartão de visitas logo aos seis minutos. O chute dele foi defendido por Matheus Nogueira. O rebote aproveitado por Gerson Magrão fez o goleiro da equipe gaúcha trabalhar outra vez.

Contratado em setembro, Soares foi relacionado para 11 jogos da Série B e, aos 15 minutos da etapa final, finalmente estreou com a camisa vermelha e preta. Teve papel fundamental no gol do Vitória. Aos 24 minutos, ele aproveitou a saída errada do Brasil de Pelotas, roubou a bola e serviu Samuel, que anotou o primeiro gol dele como jogador profissional: 1x0. O Brasil de Pelotas tentou reagir com Héverton, que chutou de fora da área e mandou muito perto da trave, mas não conseguiu alterar o marcador.

FICHA TÉCNICA

Brasil de Pelotas 0x1 Vitória - 38ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Brasil de Pelotas: Matheus Nogueira, Rodrigo Ferreira, Héverton, Diego Ivo e Mateus Mendes; Gustavo Cazonatti (Pablo), Bruno Matias (Rafael Vinicius) e Matheus Oliveira; Bruno José (Wellissol), Dellatorre (Léo Ferraz) e Matheusinho (Luiz Felipe). Técnico: Cláudio Tencati.

Vitória: Yuri, Leandro Silva, Mateus Moraes, Maurício Ramos e Leocovick (Rafael Carioca); Gerson Magrão, Gabriel Santiago (Soares) e Eduardo (Matheus Tenório); Ruan Nascimento, Júnior Viçosa (Samuel) e Alisson Farias (Pedrinho). Técnico: Rodrigo Chagas.

Estádio: Bento Freitas, em Pelotas, no Rio Grande do Sul
Gols: Samuel, aos 24 minutos do 2º tempo
Cartão amarelo: Gabriel Santiago, Diego Ivo, Pedrinho, Bruno Matias e Gerson Magrão.
Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Vinicius Melo de Lima (Trio do RN).

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas