Com mais voos, turistas nacionais crescem quase 40% em Salvador e na Bahia

salvador
21.01.2020, 05:51:00
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Com mais voos, turistas nacionais crescem quase 40% em Salvador e na Bahia

A capital teve a maior alta entre os dez maiores aeroportos e o estado teve o maior crescimento em todo o país

O primeiro atrativo foi o valor da passagem aérea: cerca de R$ 300, contando ida e volta, de Brasília a Salvador. Assim, o saldo total para a família de quatro pessoas ficou por R$ 1.200. “A gente estava pensando em vir de carro, mas a gasolina acabaria saindo quase isso. De avião, foi mais rápido e mais confortável”, explica a professora Helen Oliveira, 36 anos. 

Ela veio a Salvador com os filhos Otávio, 6, e Heitor, e o marido, o advogado Rodrigo Oliveira, 44. A família de Brasília não foi a única. Neste verão, turistas de todo o Brasil parecem ter redescoberto a Bahia. Com o aumento da oferta de assentos em voos, só a capital, Salvador, teve aumento de 39% dos passageiros no último trimestre de 2019 em comparação com o mesmo período de 2018.

De acordo com o analista de Negócios Aéreos do Salvador Bahia Airport, Maurício Mascarenhas, foi o maior crescimento, entre os dez maiores aeroportos do país. O segundo, de Guarulhos (SP), teve 34% de alta.
A Bahia também teve bom desempenho, sendo o estado com o maior crescimento em  passageiros nacionais. Também segundo a Vinci, o número de  brasileiros chegando à Bahia pelos aeroportos cresceu 37% no mesmo período - mais que o dobro da média do país (16%).

No caso dos visitantes de Brasília, o primeiro destino foi Guarajuba, no litoral de Camaçari, onde alugaram uma casa e passaram a última semana. Depois, encerraram a viagem com dois dias em Salvador.

“Se tivéssemos mais tempo, ficaríamos mais dias. Achamos uma cidade muito segura e muito limpa”, completa Rodrigo. 

Rodrigo, Helen e os filhos, Otávio e Heitor, vieram de Brasília e curtiram Guarajuba e Salvador
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

“Você tem o aquecimento da demanda pelo produto Bahia, em especial pela cidade de Salvador. Isso é resultado de todo o investimento em infraestrutura turística. A cidade está mais adequada ao turismo de lazer como também ao de negócios, com o Centro de Convenções”, explica Mascarenhas. 

Além disso, no campo fiscal, houve o crescimento da presença das companhias brasileiras com a redução do ICMS no estado, anunciado pelo governo do estado no ano passado. “Isso fez com que as companhias enxergassem a Bahia como um destino a investir, como um parceiro para crescer os seus negócios”, analisa. 

Pela nova medida, a alíquota mínima de ICMS sobre o querosene de aviação (QAV) passou a ser de até 3% para empresas que conseguirem cumprir os critérios relativos à ampliação do número de assentos nos voos operados em aeroportos baianos. Enquanto isso, a alíquota máxima, que era 18%, passou a ser 12%, de acordo com a Secretaria de Turismo do Estado (Setur). 

“Nosso acordo é progressivo. Quanto mais as empresas colocarem voos, menos elas vão pagar, chegando aos 3%”, diz o titular da Setur, Fausto Franco. A única que já chegou aos 3% foi a Azul, que tem voos para 10 aeroportos comerciais no estado hoje. 

Mas as outras estão no mesmo caminho: a Latam vai pagar 8% em 2020, enquanto a Gol deve arcar com 7% do imposto. A Passaredo ainda não assinou o acordo. Atualmente, o maior fluxo de voos vem da Gol – cerca de 40%. A Latam e a Azul vêm logo em seguida, com pouco menos de 30%. Antes da crise da Avianca, no ano passado, era ela quem detinha o primeiro lugar no número de voos que saíam ou chegavam a Salvador – 27%.     

Salvador
A expectativa para o primeiro trimestre de 2020 é manter o crescimento no mesmo patamar – beirando os 40%. “Salvador é o portão de entrada, até por ser a capital, o maior aeroporto. Mas as pessoas estão ficando mais na cidade. Acho que essa parte cultural, de história, de museus e conhecer a riqueza que a gente tem, com a divulgação, está influenciando”, analisa o secretário Fausto Franco. 

Foi justamente para buscar o lado mais histórico da cidade que a estudante Kadja Oliveira, 20, e o segurança Alexandre Nascimento, 22, decidiram vir a Salvador. Natural de Maceió, o casal tinha vontade de conhecer o Centro Histórico. “Não viemos pela praia, mas porque tudo é praticamente história aqui”, explica Kadja. 

Eles já tinham decidido o destino quando escolheram a passagem. Para ir e voltar à capital alagoana, desembolsaram cerca de R$ 300.

“Isso influenciou muito. E o saldo é positivo. De zero a dez, daria nota dez à cidade”, diz Alexandre. 

Nada de praia: Kadja e Alexandre chegaram de Maceió para curtir o Centro Histórico de Salvador
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

O secretário municipal de Cultura e Turismo, Claudio Tinoco, destacou que ainda aguarda os dados de dezembro da Agência Nacional da Aviação Civil (Anac), mas que, em novembro, já era possível detectar um aumento de 5% em relação ao mesmo período do ano anterior. 

“O mais importante é a consolidação da curva de voos de Salvador. Para a gente, é um fruto do reposicionamento do que a cidade construiu ao longo dos últimos anos, não só baseado na infraestrutura, mas sobretudo numa estratégia de promoção digital. Conseguimos atingir 60 milhões de pessoas pela promoção digital em dezembro”, afirma Tinoco. 

Pacotes
O analista de sistemas Fábio Goulart, 46, a dona de casa Cintia Nunes, 46, e o pequeno Guilherme, 10, passaram um dia em Salvador antes de seguir para Morro de São Paulo, em Cairu. “A gente viria para o Nordeste e uns amigos falaram de Morro. Disseram que era um lugar único”, conta Cintia. “A tarifa estava na média e conseguimos um valor administrável para essa época do ano”, completa Fábio.

Nas agências de viagens, a diferença em relação ao ano passado já tem sido notada. Na Cassi , que oferece viagens de barco saindo de Salvador para outros destinos no estado, o aumento da procura, pelos turistas nacionais, chegou a 30%, segundo o coordenador de vendas da empresa, James Martins, 40. 

Fábio, Cinthia e Guilherme são de Porto Alegre e vão curtir Morro de São Paulo
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Os destinos mais procurados são Morro de São Paulo, Itacaré e a Península de Camamu.

“Ao mesmo tempo que notamos uma queda de argentinos, pela desvalorização da moeda deles, teve um aumento de brasileiros. Acho que toda a divulgação ajudou”, afirma. 

Segundo a presidente da Associação das Agências de Viagens (Abav-BA) e do Conselho Baiano de Turismo, Ângela Carvalho, o aumento da procura pelo estado foi sentido principalmente a partir dos turistas que vêm para a Bahia tendo Salvador como porta de entrada. 

“Tivemos um transtorno enorme no ano passado com a saída da Avianca, mas as outras companhias aéreas entraram com novos voos nas rotas. Elas não só supriram como aumentaram o número de voos”, diz. De acordo com a Setur, foram implementados 215 novos voos ao longo do segundo semestre do ano passado apenas em Salvador. 

O presidente da Associação do Mercado Modelo, Nelson Tupiniquim, conta que também notou o aumento do fluxo de visitantes no empreendimento. 

“Estamos com uma cidade cada vez mais preparada para isso. Acredito que a segurança, o clima de verão e o período têm ajudado nesse crescimento. Infelizmente, isso ainda não está sendo revertido no aumento das vendas. Acho que pela situação do país, a compra de artesanato ainda não é prioridade”, opina. 

Mas, nem todo mundo vem de avião. A professora Viviana Tupy, 51, saiu de Almenara (MG) para Porto Seguro, no Sul do estado, de ônibus. Também veio para Salvador de ônibus.

“Eu só achei passagem de lá para cá por mais de R$ 2 mil. Na semana seguinte, meu amigo achou por R$ 200, mas eu já estava aqui”, conta ela, que ainda pretende visitar Imbassaí, em Mata de São João. 

A professora mineira Viviana Tupy veio de ônibus para Salvador e ainda passou por Porto Seguro
(Foto: Betto Jr./CORREIO)

Prestes a ser inaugurado, novo Centro de Convenções já tem 50 eventos para 2020

Só em 2020, o novo Centro de Convenções de Salvador terá pelo menos 50 eventos ao longo do ano. De acordo com o secretário municipal de Cultura e Turismo, Cláudio Tinoco, os eventos têm sido programados pela GL Events, concessionária do equipamento, que será inaugurado no dia 26. 

Além disso, a própria prefeitura já tinha prospectado cerca de 30 eventos até 2024.

"A gente vincula o Centro à atração de um turista que não vinha a Salvador há pelo menos cinco anos, que é aquele das convenções e das feiras", diz o secretário. 

A expectativa da GL é de que o equipamento consiga movimentar R$ 500 milhões por ano nos mais de 50 setores da economia ligados ao turismo. Além disso, a estimativa é de que até 100 novos empregos sejam gerados diretamente. 

Algo que pode ser incorporado à questão de novos  é a questão de voos fretados, que complementam os voos regulares. A Bahia também perdeu essa atratividade e a gente tem a possibilidade de recuperar a presença na movimentação aérea", opina Tinoco. 

Para 2020, alguns dos eventos já confirmados são a Bienal do Livro da Bahia, em setembro, e o Festival Afropunk, em novembro. 

O Centro de Convenções de Salvador será inaugurado no domingo (26), com uma programação que inclui o show da cantora Claudia Leitte e apresentações de Tio Paulinho e de Lore Improta, com o Show da Lore. Na quinta-feira (23), haverá um show de Maria Bethânia para convidados.  


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/guarda-municipal-identifica-e-investiga-agente-gravado-armado-no-furdunco-veja-video/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-e-preciso-se-cuidar-para-aguentar-todos-os-dias-de-folia/
Chefe de reportagem Jorge Gauthier dá dicas para ficar atento à saúde
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rui-costa-se-nao-vai-ajudar-pelo-menos-me-deixe-trabalhar-em-paz/
Governador falou em "perseguição" do governo federal
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-o-ultimo-ensaio-do-cortejo-afro-no-pelourinho/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/confira-os-melhores-momentos-de-vitoria-0x0-freipaulistano/
Leão segue invicto em 2020 e na zona de classificação
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-furdunco-e-banho-de-mar-a-fantasia/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/minuto-de-carnaval-hoje-tem-fuzue-e-festa-no-mar/
O chefe de reportagem Jorge Gauthier apresenta quadro
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/diretora-baiana-fala-sobre-nu-artistico-de-mulheres-com-mais-de-60-muito-amor/
No documentário Nuas e Cruas, Mariana Ayumi, 21, reflete sobre corpo, nudez e feminismo
Ler Mais