Com novidades, Vitória abre o Baianão contra o caçula Unirb

e.c. vitória
17.02.2021, 05:00:00
Leocovick será titular na lateral esquerda do Leão (Letícia Martins/EC Vitória)

Com novidades, Vitória abre o Baianão contra o caçula Unirb

Torneio começa nesta quarta-feira (17), às 19h30, em Alagoinhas

Após 18 dias do encerramento da Série B do Brasileiro, o torcedor do Vitória já voltará a ver o time do coração em campo. O rubro-negro disputa o primeiro jogo da temporada 2021 nesta quarta-feira (17), às 19h30, quando estreia no Campeonato Baiano contra o Unirb, no estádio Carneirão, em Alagoinhas. A TVE transmite o duelo ao vivo.

Em decorrência da pandemia de coronavírus, o calendário de competições do futebol brasileiro está mais apertado do que o de costume. Foram apenas nove dias de férias e outros nove de pré-temporada. Apesar de não ter tido o tempo ideal para preparar o time, o técnico Rodrigo Chagas vai mandar a campo força máxima na estreia diante do que tem à disposição.

"A gente não tem como ir contra ao que está acontecendo. Eu acredito que é desumano, porque os atletas estão tentando recuperar a forma física, mas acredito que estamos no caminho certo. Estamos trabalhando com uma coerência e esperamos que nos dois primeiros jogos possamos manter uma equipe base titular, para que a gente possa pensar no terceiro, já que a gente já tem um jogo de estreia da Copa do Nordeste. Temos que fazer uma estratégia muito bem montada para ter uma equipe sempre competitiva jogo a jogo", afirmou o comandante rubro-negro.

Depois de visitar o Unirb, o Leão recebe o Vitória da Conquista, sábado (20), às 16h, no Barradão, em jogo válido pela 2ª rodada do estadual. No dia 24, volta a jogar em Alagoinhas, dessa vez contra o Atlético. Na sequência, no dia 27, estreia na Copa do Nordeste, às 16h, contra o Santa Cruz, em Salvador.

"Vamos ter uma estrutura com a qual já vínhamos jogando e vamos aproveitar os garotos da base em conjunto. Esse é um momento positivo, pois temos uma geração muito boa vindo pela frente. Acho que vai ser muito bom e interessante termos essa mescla de jogadores jovens e experientes. Acredito que vamos fazer um grande trabalho para que possamos ter ótima performance", projetou Rodrigo Chagas.

Time
Serão seis mudanças com relação ao time que livrou o Vitória do rebaixamento à Série C ao vencer o Botafogo-SP por 1x0 na penúltima rodada do Brasileiro, no último dia 26. A defesa foi o setor com maior número de jogadores mantidos. Do meio pra frente, o Leão ganhou outra cara.

A defesa terá apenas uma novidade. César deixou a Toca após o fim do contrato e Yuri Sena assumirá o gol rubro-negro. Recuperado de lesão na coxa, Ronaldo vinha treinando entre os titulares, mas um impasse na renovação do contrato, que se encerra no final do ano, fez com que o clube o cortasse da lista de relacionados. Van será mantido na lateral direita, assim como Leocovick na esquerda. A dupla de zaga será formada por João Victor e Wallace.

O CORREIO apurou que haverá duas estreias, uma no meio-campo e outra no ataque. Recém-contratado, o volante João Pedro, 21 anos, conquistou a confiança da comissão técnica e vai fazer a primeira partida com a camisa vermelha e preta. O nome dele foi publicado no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na terça-feira (16) e, portanto, ele está apto a entrar em campo. 

João Pedro vai atuar como primeiro volante, pois Guilherme Rend, dono da posição na temporada passada, se recupera de lesão. Ainda no setor, Fernando Neto terá mais liberdade e Eduardo será o principal responsável pela armação das jogadas. 

O ataque contará com a experiência de Vico, recuperado de covid-19, e a empolgação de dois jogadores da base. Como o elenco não dispõe de centroavantes experientes, Samuel terá a oportunidade de iniciar a temporada como homem de referência. O prata da casa, 20 anos, foi o autor do último gol marcado pelo Vitória, que garantiu o triunfo por 1x0 contra o Brasil de Pelotas, na rodada derradeira da Série B. Deixou boa impressão e vai ser titular pela primeira vez.

O jogo contra o Unirb terá peso ainda maior para David, que fecha o trio de ataque. O atleta de 20 anos vai estrear como jogador profissional. No ano passado, ele disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior e o Campeonato Brasileiro sub-20.

"Vamos ter um time equilibrado. Tem que ter uma mescla. Só garotada também não resolve. A gente tem que ter aqueles jogadores já rodados, que podem dar essa tranquilidade para esses atletas em transição no profissional. Espero que possa dar certo e que a gente tenha uma ótima estreia", afirmou Rodrigo Chagas. 

O Vitória deve entrar em campo com Yuri Sena, Van, João Victor, Wallace e Leocovick; João Pedro, Fernando Neto e Eduardo; Vico, Samuel e David.

Jejum
A última vez que o Vitória comemorou um título estadual foi em 2017. Nas últimas duas edições, o rubro-negro foi eliminado na fase classificatória e nem sequer chegou às finais. O Bahia comemorou o tricampeonato no ano passado. 

"A única forma de tirar a má impressão é chegando às finais. Esse é o objetivo do trabalho", pontuou Rodrigo Chagas. "A gente vive por títulos. O atleta, o profissional, o treinador. O Vitória hoje tem uma carência, pois não chega a uma final do Baiano há dois anos e sempre esteve acostumado a chegar às finais. A gente sabe que tem potencial pra chegar, mas temos que trabalhar muito", projeta o técnico Rodrigo Chagas.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas