Com poder anti-inflamatório, goiabeiras são boas para pequenos espaços

se plante
15.10.2021, 06:04:00

Com poder anti-inflamatório, goiabeiras são boas para pequenos espaços

O Brasil é líder mundial na produção de goiabas vermelhas, enquanto a Índia ganha com as goiabas brancas. E o mais legal é que, desde o início dos anos 2000, a Bahia vem se consolidando entre as primeiras posições do ranking, especialmente no entorno do rio São Francisco, entre as cidades de Petrolina e Juazeiro. Mas as frutas docinhas, além de espaço no mercado, vêm ganhando também vasos e corações baianos!

As goiabeiras adaptadas para vasos são cada vez mais procuradas para o cultivo doméstico devido à facilidade e alta produtividade. Essas variações são obtidas através da alteração genética das sementes e, principalmente, através de manejos como estaquia ou enxertia. Existem centenas de espécies que ultrapassam 7 metros de altura e só começam a frutificar de 3 a 5 anos após o plantio. Então, assegure-se de estar comprando uma planta realmente de pequeno porte.

Nativa da América do Sul, a goiabeira é perene, rústica, de clima quente e seco. Então, seu solo deve permanecer úmido, mas bem drenado e nunca encharcado para evitar pragas. As podas também são muito bem-vindas para aumentar a produtividade e, em locais mais quentes, é possível colher frutas o ano inteiro. A floração é mais comum na primavera e o período de maior disponibilidade dos frutos ocorre entre o verão e o meio do outono.

As goiabas devem ser cultivadas em solo rico em matéria orgânica e levemente ácido. A partir da primavera, a planta deve ser adubada mensalmente e receber, pelo menos, 4 ou 5 horas de sol diárias. Além de fonte de fibras, vitamina C e sais minerais, as folhas da goiabeira são utilizadas em chás para regularizar o intestino e curar inflamações da boca e garganta. O consumo in natura também é bastante apreciado em geleias, doces e sucos. Estão servidos, jardineiros e jardineiras? Então, se plante e já dá um play aí!

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas