Com Roger, Bahia conseguiu placar para ser campeão apenas 4 vezes

e.c. bahia
03.08.2020, 15:02:00
Atualizado: 03.08.2020, 21:28:47
Roger Machado em conversa com o elenco na Cidade Tricolor (Felipe Oliveira/EC Bahia)

Com Roger, Bahia conseguiu placar para ser campeão apenas 4 vezes

Esquadrão precisa vencer o Ceará por três gols de diferença para ficar com o Nordestão no tempo normal

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O Bahia tem um grande desafio para conquistar a taça da Copa do Nordeste. Depois de perder o jogo de ida por 3x1, o tricolor precisa vencer o Ceará por no mínimo três gols de diferença na terça-feira (4), no estádio de Pituaçu, para garantir o tetracampeonato no tempo normal.

A desvantagem no placar força o time de Roger Machado a buscar o gol desde o primeiro segundo de jogo e a conseguir um resultado que aconteceu poucas vezes desde que o treinador chegou ao clube.

Na 'Era Roger Machado', que teve início em abril do ano passado, o Bahia venceu por três gols ou mais em apenas quatro oportunidades. A boa notícia é que duas delas aconteceram neste ano.

Nos 65 jogos em que Roger esteve à frente do Bahia, só Londrina, Flamengo, Nacional-PAR e Náutico sofreram derrotas pela diferença de gols que o Esquadrão precisa para dar a volta por cima sobre o Ceará.

Os jogos contra Londrina e Flamengo aconteceram no ano passado. Os paranaenses foram goleados por 4x0, na Fonte Nova, em jogo válido pela Copa do Brasil. Na ocasião, o Bahia conseguiu boa vantagem para o jogo da volta e avançou na competição mesmo perdendo por 2x1 fora de casa.

O Flamengo foi outro que sucumbiu na Fonte Nova. O time do português Jorge Jesus não resistiu ao tricolor e sofreu 3x0 ainda no primeiro tempo, na 13ª rodada do Brasileirão. Todos os gols foram marcados pelo atacante Gilberto, que está machucado e desfalca o Esquadrão na final do Nordestão.

Os outros dois triunfos foram sobre o Nacional-PAR (3x0, na Fonte Nova), no jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana deste ano, e o Náutico (4x1, em Pituaçu), pela Copa do Nordeste, já na retomada do futebol.

Chance de pênaltis
Além do triunfo por três gols de diferença, a vitória por dois gols também interessa ao Bahia. Nesse caso, o tricolor levaria o duelo para a disputa por pênaltis.

Nesse cenário, o placar é um pouco mais palpável quando analisado o retrospecto do time sobre o comando de Roger. Desde abril de 2019, a vitória por dois gols de diferença aconteceu em dez oportunidades (veja a lista abaixo), sendo a última delas na quinta-feira (30), quando venceu o Jacuipense por 2x0 no jogo de ida da semifinal do Campeonato Baiano.

Para ser campeão do Nordeste, o Bahia também necessita quebrar um tabu, pois o Ceará está invicto na competição, com seis vitórias e cinco empates. Por sinal, o time cearense perdeu apenas uma partida em 2020, o clássico contra o Fortaleza, por 2x1, pelo campeonato estadual.

A última vez que o Ceará foi derrotado pela diferença de três gols foi em novembro do ano passado, quando foi goleado pelo Flamengo por 4x1, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro.

Triunfos por três ou mais gols sob comando de Roger: 

Bahia 4x0 Londrina - Copa do Brasil 2019
Bahia 3x0 Flamengo - Brasileirão 2019 
Bahia 3x0 Nacional - Sul-Americana 2020
Bahia 4x1 Náutico - Copa do Nordeste 2020

Triunfos por dois gols de diferença sob o comando de Roger: 

Vasco 0x2 Bahia - Brasileirão 2019
Bahia 2x0 Botafogo - Brasileirão 2019
Avaí 0x2 Bahia - Brasileirão 2019
Nacional 1x3 Bahia Sul-Americana 2020
Bahia 2x0 Imperatriz Copa do Nordeste 2020
CSA 0x2 Bahia - Copa do Nordeste 2020
América 0x2 Bahia - Copa do Nordeste 2020
Bahia 3x1 Botafogo-PB - Copa do Nordeste 2020
Bahia 2x0 Fluminense - Baianão 2020
Jacuipense 0x2 Bahia - Baianão 2020

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas