Com time titular, Bahia recebe o lanterna Galícia para evitar sustos

e.c. bahia
18.03.2017, 06:35:00

Com time titular, Bahia recebe o lanterna Galícia para evitar sustos

Guto Ferreira optou por escalar a equipe principal pela primeira vez no Campeonato Baiano

Ainda que o adversário seja o último colocado do Campeonato Baiano, não tenha vencido nenhuma partida e somado apenas um ponto em sete jogos, a ordem no Bahia é ter muito cuidado com o Galícia e, principalmente, respeito. 

Régis é o artilheiro do Bahia na temporada com cinco gols (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

Hoje, às 18h30, na Fonte Nova, o técnico Guto Ferreira não quer dar chance para uma zebra acontecer e por isso colocará força máxima em campo. Para ele, a equipe tem que ter uma postura agressiva e dois elementos básicos são absolutamente necessários para que o time consiga um bom desempenho e o resultado. 

“Respeito, mas imposição. Assim como a torcida, eu também quero imposição. O grande problema de tudo se chama expectativa. Quando se cria uma expectativa muito grande, você gera uma pressão desnecessária. E ao mesmo tempo você falta com o respeito ao adversário, que pega essa situação na mídia e gera uma motivação extra, uma gasolina para eles. Aconteceu lá no Paraná”, afirmou, se referindo ao fato de um dirigente da CBF ter colocado o Bahia como já classificado num sorteio da Copa do Brasil.

A eliminação da Copa do Brasil parece ainda rondar a cabeça do treinador, que voltou a citar seu algoz quando falou sobre o fato de ir com o time considerado titular e dar “um tempo” no rodízio adotado no início da temporada. 

“Não é poupar. É fazer todo mundo importante, dar ritmo a todo mundo e fazer com que, mais do que poupar, evitar lesão, que aquele que vá para dentro do campo consiga estar numa situação de qualidade melhor possível para ele, individual. Como a gente fala: de tanque cheio, bom ritmo, consciência alta. Mas isso não aconteceu contra o Paraná. Mas a gente busca isso. A gente não foi feliz ali, nós assumimos. Mas é vida que segue e não adianta ficar chorando isso. Temos que nos preocupar, e essa partida trouxe ensinamentos no grupo daqui para frente. E que a gente, nas próximas vezes, minimize ao máximo os erros. E que os acertos nos tragam os triunfos”. 

Eduardo vetado 

A ideia de repetir o time que goleou o Moto Club por 4x0, pela Copa do Nordeste, no último final de semana, caiu por terra. O técnico Guto Ferreira recebeu a notícia de última hora que o lateral Eduardo foi vetado da partida. 

O jogador sentiu dores abdominais no início da tarde de ontem, antes do treino que foi realizado no Fazendão, e acabou sendo encaminhado para um hospital de Salvador onde realizou alguns exames. O médico Rodrigo Daniel explicou o caso. 

“O jogador Eduardo teve um quadro de dor abdominal súbita, de forte intensidade, no início da tarde. Foi avaliado por mim, medicado e diante da persistência do quadro, a gente decidiu encaminhar para o hospital São Rafael para avaliação e realização de exames”, contou. 

Sem Eduardo, Guto pode promover a estreia de Wellington Silva, ou colocar Eder na lateral direita, promovendo a entrada de Lucas Fonseca na defesa ao lado de Tiago.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas