Começou 2020! De volta à rotina, baianos começam ano com rituais de fé

salvador
06.01.2020, 17:02:00
Atualizado: 06.01.2020, 17:12:05
(Arisson Marinho/CORREIO)

Começou 2020! De volta à rotina, baianos começam ano com rituais de fé

Devotos comparecem à igreja de São Lázaro e tomam banho de pipoca

O Correio oferece acesso livre a todas as notícias relacionadas ao coronavírus. Entendemos que informação séria e confiável é importante nesse momento. Colabore para que isso continue. Assine o Correio.


Finalmente 2020 começou - de fato. Nesta segunda-feira (6), oficialmente ficaram para trás a comilança, as festas e a folga. E, para começar o ano de verdade, muitos soteropolitanos aproveitaram para pedir uma proteção extra.

Enquanto a missa acontecia dentro da Igreja de São Lázaro e São Roque, na Federação, uma fila se formou do lado de fora do templo para quem quisesse tomar um banho de pipoca. A confeiteira Ely Margareth Silva, 54 anos, esperava sua vez para receber o ritual de limpeza e purificação.

O banho e a ida à igreja de São Lázaro na primeira segunda-feira do ano viraram tradição de ano novo para a confeiteira. “Para mim é fundamental passar a primeira segunda do ano aqui, porque me faz muito bem e me dá confiança de que vai ser um ano bem produtivo, de felicidade e paz”, disse.

Depois da benção, hora de pegar no batente. Foi nesta segunda mesmo que Ely retomou a produção de bolos, que havia sido interrompida no dia 28 de dezembro, quando ela se deu uma folga de fim de ano. É com a proteção de Omolu, São Roque e São Lázaro que ela pretende ter um ano produtivo.

Ely toma banho de pipoca para começar bem 2020 (Arisson Marinho/CORREIO)

Outra que foi garantir um ano abençoado antes de recomeçar a rotina foi a defensora pública Tatiane Ferraz, 38. Com o fim do recesso judiciário, ela volta ao ofício nesta terça-feira (7).

“É tranquilo voltar ao trabalho depois do recesso, hoje é o dia de se organizar para começar de novo”, disse a servidora pública.

O dia foi de rituais religiosos para quem vai começar o ano, mas também para quem não teve uma folguinha. É o caso do taxista Joselito Pena, 55, que está trabalhando desde o ano passado.

Por tradição, todas as segundas-feiras ele faz da igreja da federação o seu ponto de táxi - ele aproveita o movimento de quem sai das missas e aproveita para participar do ato litúrgico das 18h. Apesar de ir ao local toda semana, ele acredita que a primeira missa do ano é especial.

“Para mim, que sou da umbanda, a segunda representa muito, porque é início de semana. É um dia de purificar e ter a paz para a semana toda para trabalhar”, contou, depois de passar pelos ritos para se preparar para 2020. “A limpeza de pipoca de São Lázaro é a melhor coisa que existe”, completou.

Na ocasião, o taxista pediu proteção durantes as corridas de 2020 por Salvador. “Pra mim, é acreditar em Deus e nos anjos de guarda. Tem que ter fé, principalmente na profissão, que tá difícil e perigosa”, contou.

Esticadinha
Se a igreja de São Lázaro é simbólica para quem é das antigas, ela também encanta os marinheiros de primeira viagem. O estudante de radiologia, Mateus Nascimento, 24, decidiu curtir o dia com as amigas no bar de Silvinha. Foram elas que o levaram pela a primeira vez para a missa da primeira segunda do ano na igreja.

“Eu gostei, é uma sensação boa, uma energia diferente. Eu pretendo voltar. Esse ano foi bem bom, porque comecei indo pra praia e vindo aqui”, disse ele, que costuma folgar às segundas.

As boas energias foram importantes para o jovem, que também aproveitou para comer um acarajé e curtir uma preguicinha, já que a rotina volta ao normal nesta terça. “Já vou voltar a trabalhar amanhã. Estou há 4 anos no lugar e às vezes cansa, enjoa, mas temos que correr atrás”, disse. 

A retomada da rotina também é boa para quem trabalha no comércio. Dona de um dos bares em frente à igreja, Dilma do Rosário disse que as vendas caíram com o final das festas de fim de ano, mas já aumentaram cerca de 20% com a volta das pessoas à rotina. “As pessoas viajam e aqui fica sem movimento. Hoje já teve mais movimento, porque foi a primeira missa do ano”, disse.

Dilma teve queda nas vendas durante o recesso (Foto: Arisson Marinho/CORREIO)

As coisas devem melhorar ainda mais para os comerciantes locais. Os estudantes da Universidade Federal da Bahia (Ufba), que são os que mais frequentam o bar, também voltarão às atividades em breve. Neste sábado, por exemplo, acontece o primeiro evento do ano de alunos da instituição no bar, o que representa uma volta à normalidade mesmo antes das aulas recomeçarem.

Preparação
Para a igreja, a primeira segunda-feira do ano também é o dia de começar as preparações para a festa de São Lázaro, contou o pároco do templo, padre Cristóvão Przychocki.

Fiéis vão a uma das missas da primeira segunda-feira do ano na Igreja de São Lázaro (Arisson Marinho/CORREIO)

“Janeiro é o mês da festa de São Lázaro e a gente já começa uma preparação para a festa do nosso padroeiro. O povo vem também pela devoção que recebeu da família, pela devoção aos santos”, explicou.

A festa do padroeiro da igreja acontece no dia 26 de janeiro. Neste ano o tema escolhido para os festejos é "Ouvinte e praticante da Palavra de Deus".

Ao longo do dia, nesse período de preparação, foram realizadas missas para que os fiéis possam agradecer pela chegada do novo ano. Os atos litúrgicos começaram às 7h e seguiram às 9h, 11h e 16h, com encerramento às 18h. Geralmente não há missa às 11h, mas devido à grande procura dos fiéis, ela foi realizada.

“A primeira segunda do ano é bem frequentada pelos fiéis, não somente da cidade, mas também os turistas. As pessoas aparecem aqui buscando a benção especial no início do ano novo. A gente percebe o fluxo maior de pessoas na última e na primeira segunda. Além disso, ainda é um período em que não muita gente trabalha, por isso tem a necessidade de uma missa a mais”, completou o pároco.

*Com orientação do chefe de reportagem Jorge Gauthier

***

O CORREIO entende a preocupação diante da pandemia do novo coronavírus e que a necessidade de informação profissional nesse momento é vital para ajudar a população. Por isso, desde o dia 16 de março, decidimos abrir o conteúdo das reportagens relacionadas à pandemia também para não assinantes. O CORREIO está fazendo um serviço de excelência para te manter a par de todos os últimos acontecimentos com notícias bem apuradas da Bahia, Brasil e Mundo. Colabore para que isso continue sendo feito da melhor forma possível. Assine o jornal.


Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/gusttavo-lima-quebra-recorde-do-youtube-com-live-direto-de-sua-casa/
Foram 5h de show, 750 mil acessos simultâneos e 10 milhões de visualizações
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/coronavirus-sindico-instala-pia-na-entrada-de-predio-para-ajudar-vizinhos-idosos/
Espanhol radicado na Bahia decidiu ajudar na higiene no prédio que é síndico em Salvador
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/a-fe-nao-costuma-faia-como-manter-a-religiao-em-isolamento/
O amparo na religiosidade é a salvação para muitos soteropolitanos; tecnologia é aliada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/janelas-da-quarentena-do-dj-ao-saxofone-vizinhos-transformam-isolamento-em-uniao/
Baiano é outro nível... Nos últimos dias, movimento tomou conta de Salvador: tem até Carnaval dentro de casa; confira
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pearl-jam-lanca-gigaton-decimo-primeiro-album-da-banda/
Turnê, que começaria em abril, foi adiada por conta da pandemia do coronavírus
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/cremeb-suspende-medico-que-prometeu-soro-da-imunidade-para-covid-19/
Aldo Grisi fez propaganda de suposta medicação para prevenir o novo coronavírus
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/pela-1a-vez-papa-faz-rito-sozinho-e-da-indulgencia-plenaria/
Gesto inédito, por causa da pandemia do novo coronavírus, permite que mais de 1,3 bilhão de católicos tenham o perdão de seus pecados
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/rui-costa-vai-processar-quem-usar-carro-de-som-em-protesto-contra-quarentena/
Grupo planeja ida do Centro de Convenções ao Farol da Barra para pedir fim do isolamento
Ler Mais