Como a educação financeira pode mudar a visão dos jovens sobre o dinheiro e o futuro profissional

minha bahia
25.05.2022, 10:00:00

Como a educação financeira pode mudar a visão dos jovens sobre o dinheiro e o futuro profissional

Programa discute a importância da educação financeira para a formação dos jovens

Para quem quer ter tranquilidade no fim do mês para fechar as contas é imprescindível manter uma organização financeira e ter um planejamento de gastos. 

Geralmente essas responsabilidades surgem com o começo da 'vida adulta', mas na verdade essa deveria ser uma realidade apresentada muito tempo antes em sua vida. Se planejar e ter uma educação financeira de qualidade durante a juventude pode transformar sua relação com o dinheiro e com o mercado de trabalho. Começar a pensar em como e de que forma eu vou gastar aquilo que ganho pode ser um diferencial para quem busca paz na hora dos pagamentos na correria do a dia.

Por isso, no 50º episódio do O Que a Bahia Quer Saber, o podcast discute a importância de tratar a educação financeira como um tema essencial para a formação dos jovens no país. O planejador financeiro Raphael Carneiro é um dos convidados desta semana e revela quais são as primeiras ações que podem ser tomadas pelo jovem que quer começar a lidar com finanças. O que é preciso entender antes de começar a mexer com a gestão financeira? Será que há um caminho ideal a ser seguido?

Você também pode ouvir em outros aplicativos (veja abaixo)

Flávia Paixão, que é especialista em gestão de negócios e marketing digital, dona do canal no YouTube chamado Empreender com Paixão e já produziu lives pra o Instagram do Jornal Correio com temas voltados pro empreendedorismo, também participa do episódio e fala como o educação financeira se torna importante para jovens que buscam crescer no mercado de trabalho e apostar em profissões empreendedoras e que trabalham com a internet. Ela acrescenta que a busca por uma gestão financeira de qualidade não deve se resumir a ter um investimento e viver disso, mas sim construir uma base para entender como resguardar dinheiro e de que forma o mercado funciona, para que aí sim seja seguro fazer investimentos com o dinheiro que ganha.

O episódio tem produção, narração e edição de Vinícius Harfush.

Toda semana, você tem no podcast O Que a Bahia Quer Saber uma matéria especial em formato de áudio. Um mergulho em algum tema de relevância para o estado. Você poderá acessar os episódios aqui mesmo no site do Correio* no seu aplicativo favorito de podcasts: no Spotify, no Deezer, no Anchor, no Google Podcasts ou no Apple Podcasts.

Você também pode ouvir nos aplicativos de sua preferência:

Spotify:

Para ouvir diretamente no Spotify, clique aqui.


Apple Podcasts:

Para ouvir diretamente no Apple Podcasts, clique aqui.


Castbox:


Deezer:


Para ouvir diretamente no Deezer, clique aqui.


Google Podcasts:


Para ouvir diretamente no Google Podcasts, clique aqui.


Outros aplicativos


Para ouvir no Stitcher, clique aqui.

Para ouvir no Pocket Casts, clique aqui.

Para ouvir no Breaker, clique aqui.

Para ouvir no Radio Public, clique aqui.


Mas... O que é "podcast"?

Podcast é um programa de áudio, igualzinho a um de rádio. A diferença é que você pode ouvir quando, como e onde quiser. Pode ser no celular, no computador ou na TV. Se quiser, você pode pausar, voltar, adiantar ou pular os trechos, se preferir.

Para ouvir, basta tocar no player acima. Ou, se preferir, basta clicar nos links para ouvi-lo no Spotify, no Deezer, no Apple Podcasts ou no Google Podcasts. Também é possível buscar os episódios diretamente nos aplicativos.

O Que a Bahia Quer Saber

O CORREIO produz podcasts desde 2017, quando iniciou o Bate-Pronto Podcast, sobre futebol baiano. Em 2020, lançamos o O Que a Bahia Quer Saber, podcast diário com notícias relevantes para o estado.

Em 2021, o O Que a Bahia Quer Saber volta com formato especial: a cada semana, o leitor (e ouvinte!) terá uma matéria especial, com o padrão do CORREIO de jornalismo, porém explorando toda a riqueza que o áudio pode trazer.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas