Como agir quando a sirene da Codesal é acionada em área de risco?

salvador
13.04.2021, 17:25:00
Atualizado: 13.04.2021, 17:25:38
(Foto: Ascom/Codesal)

Como agir quando a sirene da Codesal é acionada em área de risco?

Defesa Civil monta abrigos de emergência e Prefeitura dá acesso a auxílio moradia para famílias que perderam o lar

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Chuvas fortes atingiram Salvador na última semana, com os picos mais preocupantes nas última quinta-feira (8) e sexta (9). Até o fim de semana, foram 1.605 ocorrências registradas pela Defesa Civil (Codesal) - os mais recorrentes foram deslizamentos de terra, alagamento de imóveis e áreas infiltradas. Por força do temporal, as sirenes do Sistema de Alerta e Alarme do órgão foram acionadas em oito localidades do município.

Coordenadora de Ações de Prevenção e Redução de Riscos da Codesal, Gabriela Morais explica que o acionamento das sirenes funciona conforme o Plano Preventivo de Defesa Civil: são mapeadas as áreas onde pode ter alagamento e deslizamento de terra. 

"São quatro os níveis de risco: em observação, quando há normalidade; atenção; alerta; e alerta máximo. Somente neste último caso, quando temos 150 mm de chuvas durante 72 horas e previsão de chuva forte a muito forta, a sirene é acionada”, explica a coordenadora.

A instrução da Codesal aos moradores de área de risco onde houve acionamento da sirene é a saída imediata do imóvel, portando apenas documentação mínima e remédios. Em seguida, essas pessoas são conduzidas aos abrigos organizados pela Prefeitura em escolas municipais.

O passo seguinte é a vistoria pela Codesal da área e dos imóveis evacuados a fim de avaliar a viabilidade de cada morador deslocado retornar para a própria residência. Caso o imóvel estiver comprometido pela chuva, os desalojados ou desabrigados serão cadastrados na Secretaria Municipal de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), para que possam ter acesso ao auxílio moradia.

Apoio
Nas áreas de risco mapeadas, a Codesal realiza a formação do Núcleo Comunitário de Prevenção e Defesa Civil (Nupdec), cujo objetivo é capacitar um grupo de moradores locais para reduzir riscos e danos em caso de chuvas fortes. A capacitação aborda temas sobre defesa civil, percepção de risco, primeiros socorros e assistência em situações de desastre.

“Nós fazemos um simulado com o Nupdec para eles saberem como agir quando a sirene de alerta é acionada. Seguimos o mapa de evacuação previamente traçado e as orientações estabelecidas no treinamento”, diz Gabriela.

Em caso de emergência, a exemplo de alagamentos, deslizamentos, rachaduras e ameaças de desabamento, o cidadão deve buscar ajuda imediata da Codesal pelo telefone de contato 199. O número é gratuito.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas