Como conseguir um bom retorno em títulos do Tesouro Direto?

tira-dúvidas finanças
12.07.2021, 05:00:00

Como conseguir um bom retorno em títulos do Tesouro Direto?

Qual a melhor opção de títulos do tesouro direto para um retorno de longo prazo? André Luiz

Olá, André. O Tesouro Direto é uma excelente opção de investimentos em renda fixa, mantendo a segurança que os conservadores gostam muito e remunerando o capital com taxas interessantes, considerando o cenário de juros atual. Alguns especialistas chamam os Títulos Públicos de nova poupança - fazendo uma alusão ao fato de ser uma opção de investimento com o mesmo nível de segurança -  e, atualmente, com remunerações bem melhores. As opções de longo prazo passam pelos títulos que garantem um ganho real no período superior ao Benchmark, que é o CDI e isso vai depender da conjuntura econômica do momento. Vivemos um cenário de juros baixos, mas em curva de crescimento e de aumento da inflação. Por isso,  é importante comprar produtos que garantam um ganho real independentemente do mercado e o produto que faz isso melhor, é o Tesouro IPCA+. Em algumas situações, opções prefixadas podem ser uma boa oportunidade, como as LTNs para quem deseja investir no longo prazo, por ter a condição de contratar já conhecendo qual será seu ganho no final. O detalhe a ser observado é o vencimento do título, aliado à perspectiva de mercado em relação aos juros e a inflação, principalmente este último que é determinante para o alcance do ganho real.


Por que o valor da conta de luz subiu tanto esse mês? José Freitas

Olá, José. Os gastos com Energia Elétrica têm tirado o sono de muitos consumidores. Como se não bastasse ser um dos principais insumos de produção em todos os segmentos faz parte também do dia a dia do trabalhador, que tem esse item no conjunto de gastos mensais. No que tange ao impacto na produtividade, o aumento da energia elétrica eleva os custos de produção fazendo com que parte disso seja transferido ao produto, o que colabora com o processo inflacionário. Observamos as contas aumentarem de valor a cada mês, ainda que tenhamos a convicção de que estamos fazendo o possível para economizar. De fato, o aumento na conta de energia por vir do maior uso de chuveiro elétrico, por exemplo. Porém,  é esse o principal motivo. A política de reajuste com base na bandeira tarifária adotado pela Coelba desde 2015 é preponderante para esses aumentos ocorram. São três tipos de bandeira. Na bandeira verde não há reajuste, na amarela a conta sofre reajuste de R$ 1,87 por cada 100 kWh consumido. Na bandeira vermelha tem dois estágios de aumento. No primeiro, o acréscimo na conta é de R$ 3,97 por cada 100 kWh consumido, e o segundo estágio, o que estamos vivenciando, esse valor é de R$ 9,49 a cada 100kWh consumido. Por isso, estamos sentido no bolso o aumento no valor da conta energia.


Tem dúvidas sobre Finanças Pessoais? Mande um e-mail para carteiracorreio@redebahia.com.br


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas