Congresso de Mastologia debate avanço científico na luta contra o câncer de mama

salvador
22.04.2022, 21:05:00
((Divulgação))

Congresso de Mastologia debate avanço científico na luta contra o câncer de mama

Segundo dia do evento debate sobre técnicas de tratamento do câncer para pacientes de todas as idades

O segundo dia de atividades científicas no 24° Congresso Brasileiro de Mastologia, ocorrido nesta sexta-feira (22), foi marcado por debates sobre diversas técnicas que envolvem o tratamento do câncer de mama para pacientes de todas as idades. O evento, que tem se destacado pelo nível científico, acontece até sábado (23) no Centro de Convenções de Salvador. 

A abertura do segundo dia foi feita pela mesa redonda sobre oncoplastia, momento em que foram discutidas novas técnicas de reconstrução mamária para minimizar os efeitos da radioterapia na paciente. “O intuito é melhorarmos a qualidade de vida de cada paciente, além de diminuir o número de reoperações que impactam economicamente o paciente e o sistema de saúde”, explica o responsável pela Oncoplastia da Sociedade Brasileira de Mastologia, Dr. Fabrício Brenelli. 

O procedimento de reconstrução mamária para mulheres que realizaram mastectomia (retirada parcial ou total das mamas) é um direito de cada mulher garantido pela Lei nº 12.802, de 2013, que declara que a paciente tem direito a realizar o procedimento através do Sistema Único de Saúde (SUS) imediatamente após a retirada da mama com câncer, na mesma cirurgia, se houver condições clínicas, ou assim que a paciente apresentar os requisitos necessários. Mas, segundo os especialistas, não é bem assim que tem acontecido e, por conta da pandemia, a lei também sofreu um impacto.

Ao longo do dia foi discutida ainda a oncogeriatria na prática clínica, abordando, entre outros assuntos, aspectos como a cirurgia na paciente idosa e a radioterapia sobre o enfoque de para quem se deve escalonar. Na parte da tarde foram realizados vários simpósios satélites promovidos por diversos parceiros da indústria, além de uma outra mesa redonda sobre imagem, abordando temas variados sobre ressonância magnética no rastreamento do câncer de mama.

O dia de atividades terminou com uma sessão que trouxe a reflexão quanto a saúde mental e física diante da intensa jornada de trabalho que cada cidadão enfrenta no dia a dia, inclusive a classe médica. De acordo com o Dr. Vilmar Marques, presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia, o estilo de vida é fundamental para a saúde de todos, como alimentação saudável e a prática de atividade física. “Esses fatores são primordiais para a prevenção de doenças, dentre elas o câncer de mama. Por isso, mantemos anualmente na Sociedade Brasileira de Mastologia o mote QUANTO ANTES MELHOR, ou seja, quanto antes adotarmos um estilo de vida mais saudável melhor para a nossa saúde”, define o presidente.

Confira a programação completa do último dia do congresso no site Mastologia 2022

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas