Conheça as opções de caquizeiros de pequeno porte e poucos cuidados

se plante
22.10.2021, 05:41:00

Conheça as opções de caquizeiros de pequeno porte e poucos cuidados

Confira vídeo especial da coluna de jardinagem do CORREIO

A casca delicada, de um vermelho vibrante, que logo vai abrindo espaço para uma polpa perfumada, macia e sem adstringência... Quem já provou um caqui docinho e suculento nunca mais esquece! Além de saboroso, o fruto reúne vitaminas A, B1, B2 e C, cálcio, ferro, proteínas, fibras, propriedades antioxidantes e cicatrizantes. As vermelhinhas ajudam ainda a desenvolver a paciência, já que se trata de um cultivo relativamente demorado e de safra anual.

Infelizmente, a temporada de caquis se concentra no outono e, em alguns casos, indo até o meio do inverno. Após esse momento de êxtase, seu caquizeiro vai precisar “nanar”, isto é, vai perder grande parte das folhas, mesmo em regiões mais quentes, e entrar em processo de dormência. Após cada frutificação, recomenda-se podar bastante, cortando próximo das frutas, além de reduzir bastante ou até mesmo suspender as regas. Mas nada de abandonar o barco, hein? Todo o esforço compensa e a boa notícia é que as versões de pequeno porte cabem numa varandinha com poucos cuidados.

Em condições naturais, a árvore pode chegar a 12 metros de altura, mas graças ao aprimoramento das técnicas de cultivo, principalmente através da enxertia, já contamos com diversas opções para vasos. Os tipos mais procurados são o Caquizeiro Anão, Fuyu e Chocolate, sendo este último com sementes, que neutralizam o tanino. Após 2 ou 3 anos, eles atingem cerca de 2 metros e produzem frutos graúdos, doces e, o melhor, sem adstringência, ou seja, aquele “repuxamento” de sabor amargo encontrado em algumas espécies devido ao excesso de tanino.

O caquizeiro é uma frutífera originária da Ásia. Chegou ao Brasil no final do século 19, trazido especialmente pela imigração japonesa para as regiões sul e sudeste do nosso país. Diferentemente da maioria das frutíferas, a árvore não vai demandar tantas horas de exposição ao sol. Com 3 a 4 horas diárias, seu pé de caqui ficará bem. Se receber mais horas de sol, poderá se desenvolver melhor.

O solo do caquizeiro deve se manter úmido, com farta matéria orgânica e baixa acidez. Para corrigir o PH, adicione calcário ao local que deseja plantar alguns dias antes. O vaso ideal precisa ter pelo menos 60 litros para uma planta adulta. Dá para cultivar na sala, na varanda, no quintal, e lá pelo meio do ano ela vai te presentear com bolinhas vermelhas e brilhantes. Poderíamos chamar, digamos, de um “Natal fora de época”. Nem precisa tirar o pé do chão! 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas