Conheça benefícios e saiba como usar argila para tratamento de beleza

bazar
03.10.2018, 11:13:00
Atualizado: 03.10.2018, 11:13:57

Conheça benefícios e saiba como usar argila para tratamento de beleza

Produto traz inúmeros benefícios e se destaca pela eficiência e pelo preço baixo

Quando o assunto é tratamento de beleza para a pele, não faltam opções. Cremes, máscaras, tônicos… Porém, em meio a tantos cosméticos caríssimos e marcas bombadas, um produtinho natural se destaca  pela eficiência e pelo seu pelo preço baixo: a argila. 

Não se sabe, ao certo, quando ela começou a ser usada para fins estéticos. Mas, entre os especialistas, a opinião é unânime: tem muito tempo. “Desde a antiguidade, gregos e egípcios a utilizavam em tratamentos de beleza, esfoliação e desintoxicação”, explica a dermatologista Iara Lemos (@iaralemos.dermato), da Clínica SanLazzaro. 

Foto: Divulgação/Shutterstock

As argilas - sim, existem várias! - vêm da decomposição de rochas e são formadas por partículas de minerais associadas a outros elementos, como magnésio, ferro e selênio. “As cores  variam exatamente de acordo com a sua constituição, assim como a sua finalidade de utilização”, completa Iara.  E atenção: a versão usada para fazer artesanato e esculturas não é a mesma dos tratamentos de beleza, ok?

Cadastre seu e-mail e receba novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, tecnologia, bem-estar, pets, decoração e as melhores coisas de Salvador e da Bahia:

Como usar
De acordo com a esteticista e cosmetóloga Nathalie Souza (@belladonnda),  a argila faz bem para rosto, corpo e cabelos. Na estética corporal, ela ativa a circulação e é usada contra a flacidez. Nas madeixas, diminui a oleosidade. Já na face, o ingrediente pode ter várias funções. “Como propriedades terapêuticas mais importantes, destacamos seus efeitos de desintoxicação, antisséptico, analgésico, anti-inflamatório, cicatrizante e adstringente”, pontua. 

A recomendação é aplicar a argila na região desejada e deixar agir por, aproximadamente, 15 minutos, sempre com a pele higienizada. E sem exageros: no máximo, duas vezes na semana. Isso porque, além dos efeitos citados, ela promove um tipo de esfoliação na pele, que não pode ser feito com frequência. “Se utilizar demais, pode causar danos, produzindo um efeito rebote, que é um resultado contrário ao desejado. A consequência é mais comum em casos de acne e oleosidade”, comenta Nathalie.   
Anotou as dicas?

Agora, confira detalhes sobre cada tipo de argila e saiba qual é a melhor pra você.

Foto: Divulgação

Argila cinza
Muito usada em tratamentos médicos, ela ajuda a tratar contusões, luxações, varizes, feridas, tromboses e problemas de articulações em geral. Além disso, tem ação clareadora, ajudando a atenuar manchas de acne, por exemplo. Auxilia no controle da oleosidade da pele e dos cabelos. 

Foto: Divulgação

Argila branca
Considerada a mais neutra das argilas, clareia e ajuda a controlar a oleosidade. Possui muito alumínio, o que lhe confere propriedades cicatrizantes. Facilita a circulação sanguínea e promove ação antisséptica. Funciona muito bem no controle de espi- nhas e no tônus geral da pele.

Foto: Divulgação

Argila verde
A mais tradicional de todas. Rica em zinco e silício, tem ação adstringente e purificadora. Aplicada no corpo, promove tensionamento, melhorando a flacidez tissular e auxiliando no combate da celulite. No rosto, é indicada para peles oleosas. Promove quebra de queratina, causando suavidade e maciez.

Foto: Divulgação

Argila rosa
Resultante da mistura entre a vermelha e a branca, a argila rosa é a mais suave de todas. Sendo assim, é indicada para peles sensíveis. Possui ação desinfetante, cicatrizante e suavizante. Rica em ferro, pode ser aplicada no rosto, corpo e cabelos. Absorve a oleosidade e devolve o brilho natural.

Foto: Divulgação

Argila vermelha
Rica em ferro, o diferencial da argila vermelha é que ela atenua e previne linhas de expressão. É indicada para peles envelhecidas e pode ser usada em peles sensíveis e com rosácea. Purifica, reduz a oleosidade e tem efeito cicatrizante. Age como secativo e pode ser usada no corpo e no cabelo.

Foto: Divulgação

Argila preta
Também conhecida como lama vulcânica e lama negra, é a mais nobre das argilas,  pois é difícil de ser encontrada. Seus principais componentes são titânio, magnésio, ferro, zinco e enxofre. Com alto poder purificante, limpa os poros, ajuda a clarear manchas, ameniza linhas de expressão e deixa a pele viçosa. 

Siga o Bazar nas redes sociais e saiba das novidades de gastronomia, turismo, moda, beleza, decoração e pets:

*Com orientação da editora Paula Magalhães

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas