Conheça Dayane Mello, a brasileira alvo de ataques no 'BBB da Itália'

em alta
11.01.2021, 08:36:50

Conheça Dayane Mello, a brasileira alvo de ataques no 'BBB da Itália'

Sister já voltou de 8 paredões e mobilizou brasileiros

Babu bateu um recorde no BBB20 ao sobreviver a nove paredões. Mas esta marca está próxima de ser atingida por uma brasileira do outro lado do Atlântico: Dayane Mello, que já foi para a berlinda 8 vezes no Gran Fratello Vip, espécie de Big Brother da Itália.

Mas isso nem é metade da perseguição que a brazuca tem enfrentado. Nesta edição, a modelo já foi alvo de comentários misóginos e xenofóbicos, desencadeando uma disputa entre os espectadores do Brasil e da Itália.

A modelo ganhou a simpatia dos brasileiros desde que começaram a circular, nas redes sociais, vídeos em que os participantes do reality fazem comentários sobre ela. Em uma ocasião, ao ver a roupa que a brasileira estava vestindo, Francesco Oppini disse:

"Em Verona (cidade italiana), ela seria estuprada", disse. Ao perceber o desconforto do outro brother, ele acrescentou: "Mas no bom sentido", como se tivesse "bom sentido".

Inconformados com o tratamento dado à modelo, os brasileiros subiram a tag "Dayana Merece Respeito" no Twitter, que se tornou um dos assuntos mais comentados da rede social no Brasil. O apoio logo se refletiu nas votações do reality e, graças aos conterrâneos, a modelo conseguiu voltar de oito paredões.

O apoio dos brasileiros revoltou os italianos, que viram alguns de seus "queridinhos" serem eliminados. Com isso eles planejam dar "o troco" e em uma postagem da Globo sobre o BBB 21 no Twitter, eles ameaçaram sabotar os paredões do programa, previsto para estrear em 25 de janeiro. 

"Brasileiros, viemos para desfazer cada casal", comentou um italiano. "Estarei com a lista de seus favoritos em mãos, pronto para tirá-los um por um", publicou outro. 

História
Dayane Mello, apesar de desconhecida no Brasil, já é famosa entre público italiano. Antes do Gran Fratello VIP, ela participou de outros quatro reality shows, entre eles o Monte Bianco, versão italiana do Dança dos Famosos, e o Ilha dos Famosos, que lembra o nosso No Limite. 

Natural de Joinville, Santa Catarina, ela tem 31 anos e trabalha como modelo desde os 16. No Gran Fratello, ela contou que teve uma infância pobre, marcada pela ausência da mãe.

"Minha mãe teve 10 filhos. Morávamos em uma pequena casa com três outros irmãos e ficávamos sem comer por uma semana. Ela era uma prostituta. Vivíamos cheios de piolhos, sujos e magros", relevou a modelo, dizendo que chegou a roubar supermercados para ter o que comer. "Lembro-me vagamente de que minha mãe vinha uma vez por semana, cada vez com um homem diferente, e nos trazia comida. Depois foi embora", acrescentou.

Aos 17 anos, ela se mudou para o Chile, onde começou a fazer trabalhos internacionais. Em 2014, ela foi para Milão e desde então já participou de campanhas publicitárias, videoclipes e programas de televisão. Dayane é mãe de Sofia, de seis anos, fruto de seu relacionamento com o também modelo Stefano Sala.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas