Conheça o lumbersexual, nova tendência entre os homens

Moda
18.11.2014, 13:40:00

Conheça o lumbersexual, nova tendência entre os homens

Produtor de moda dá dicas sobre como montar o look e homens e mulheres abrem o jogo sobre a nova tendência

Um novo comportamento masculino promete deixar a tendência metrossexual de lado. A nova moda em diversos países é ser lumbersexual – homens de aspecto viril e de estilo “largadão”.

De acordo com a mídia internacional, o nome surgiu da palavra “lumber” que, em inglês, significa lenha, madeira. O nome faz associação aos lenhadores de filme americano, que geralmente usam barba e camisas xadrez mais largas para compor um visual bastante básico. 

Foto: Divulgação

Segundo Leo Amaral, produtor de moda do caderno Bazar, do Jornal Correio, a moda pode chegar ao Brasil em breve. “Eu acho que é um estilo que pode pegar no Brasil logo logo, mas acredito que combina mais com centros urbanos, como São Paulo e Curitiba. Em cidades mais litorâneas como Salvador, é mais complicado adotar o look, até por conta do clima, mas em dias chuvosos fica super bacana”, disse ao Correio24horas.

Para aderir ao look, não é preciso gastar muito. Leo Amaral explica que as peças que compõem o visual de um lumbersexual são básicas e cabem no bolso do consumidor. “Todas as lojas de departamento da cidade vendem as peças para montar esse tipo de visual. E são peças normalmente baratas, que estão ao alcance de todos. No entanto, é importante lembrar que não adianta ir atrás de uma tendência se ela não combinar com você”, explica.

Foto: Divulgação

Como montar um look lumbersexual: Leo, que também é editor do site Paula Magalhães, conta quais são as peças chaves para fazer bonito na hora de montar o look. “As peças chaves são uma bota ou coturno, uma calça jeans bem escura, uma camisa xadrez e, para dar um toque de sofisticação, um suspensório ou uma boina. Também é bacana deixar a barba crescer”.

O fashionista explica ainda que o lumbersexual só foi definido recentemente, mas nada mais é que uma releitura do visual masculino. “Está na moda exacerbar essa coisa da masculinidade, virilidade, do macho mesmo. É uma pegada retrô, hipster”, conclui.

Foto: Arte Correio

O que eles acham?
Principais interessados na nova tendência, os homens se dividem quando o assunto é a tendência lumber. "Eu acho que inventam muito nome para classificar comportamento. Eu não acho legal se vestir de lenhador e sair pela rua assim. Eu uso o que gosto, sem classificar nomes, mas não usaria barba imensa e casacos aqui em Salvador, eu ia morrer de calor", conta o estudante Rodrigo Lopes, 19 anos. 

Já para os amigos Ricardo Prates e Gabriel Marques, o estilo é bacana e pode ser adotado. "Eu curti. Acho que mulher gosta desse negócio machão. Eu compraria, até porque gosto muito de roupa xadrez", explica Prates. "Também gostei, mas precisa de coragem para usar peças que não estão habitualmente no seu dia a dia. Não sei se teria coragem porque nunca usei e acho que iam olhar, estranhar", completa Marques.

O que elas acham?
A opinião entre as mulheres é bem dividida. Para a estudante Júlia Perez, de 18 anos, o estilo não combina com a cidade de Salvador. "Eu acho bonito em filmes, clipes, TV, até porque são normalmente modelos, então fica aquela pegada bem machão. Na vida real, parece caricato e bem estranho, além de não ter nada a ver com Salvador por conta do calor", opina.

Já a publicitária Priscila Gonçalves, 28 anos, os lumbersexuais são bastante atraentes. "Eu acho lindo, uma pegada viril, de macho. Além de ser super estiloso. Não sou a favor de look largado no sentido de não ter nenhum charme, mas o lumber é um largado estiloso. Acho maravilhoso".

Se em alguns casos elas aprovam o estilo, em outros, elas torcem o nariz. "Nossa, que treco horroroso!", brinca a psicóloga Luciana Marques, 37 anos. "Eu não gosto, acho com aspecto sujo, mas o importante no fim das contas é a própria pessoa curtir e se sentir bem. Não me atrai em nada, mas deve atrair outras moças", analisa.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas