Conheça os carros que passarão por mudanças em 2019

economia
26.01.2019, 06:00:00
Atualizado: 26.01.2019, 13:30:09
O Ford Focus será aposentado em 2019, assim como o SpaceFox (Mauro Akin Nassor)

Conheça os carros que passarão por mudanças em 2019

Adquirir veículo que sairá de linha pode ser bom negócio; veja dicas para ter vantagens da situação

Se você está pretendendo comprar um carro novo nesse início de ano, é bom ficar atentos pois alguns modelos sairão de linha em 2019 e outros sofrerão mudanças. 

Entre os que se aposentarão estão o Ford Focus e SpaceFox. Sandero e Logan, da Renault, passarão por uma re-estilização para se atualizarem. Na Chevrolet, Onix e Prisma mudam de geração e vão ficar maiores. Os modelos atualmente vão ganhar versões Joy, que mantêm a carroceria antiga e mais simples. Já a Família HB20, da Hyundai, deve mudar de geração no terceiro trimestre do ano.

Se a sua intenção for trocar de carro com menos de um ano, atente para as questões de defasagem dos modelos que tornam o negócio desvantajoso. Neste caso vale a pena se planejar para que a troca só seja realizada depois de algum tempo. Assim, possíveis perdas financeiras são minimizadas.

A gerente de vendas da Retirauto GM, Renata Gonzalez afirma que, oficialmente, nada foi anunciado em termos de retirada de veículos do mercado, mas admite que as especulações são muitas. Para ela, no entanto, nem sempre a compra de um carro que sai de linha pode ser considerado um mau negócio. “Tivemos bons exemplos com o Chevrolet Classic e o Celta que, apesar do anúncio de descontinuidade, continuaram vendendo bem e para uma clientela satisfeita pelo valor que os deixaram sem concorrência”, exemplifica.

Embora as mudanças não possam ser consideradas animadoras, a princípio, vale salientar que as montadoras são obrigadas a manter as peças do automóvel por dez anos após a retirada do mercado, fato que facilita e garante quaisquer manutenções, e os valores podem alcançar índices bem convidativos. Dessa forma, comprar um carro fora de linha ou que ganhará versões mais novas pode representar um bom negócio quando se leva em consideração a qualidade do carro e o valor cobrado.

Preferência

Comerciante com larga experiência em veículos e representante da Pinheiro Veículos, Ari Pinheiro, a decisão da Ford em relação ao Focus está pautada na retração do mercado para os sedãs e hatches médios e não haverá substituições. “O consumidor tem os SUVs como preferência e a montadora resolveu apostar neles”, completa. Vale salientar que a produção na Argentina será encerrada em maio. Ele destaca que o Fox também seguiu o mesmo destino que o Focus.

Líder de vendas no ano passado, o Fiat Strada também entrou nas especulações de fim de fabricação, mas os especialistas garantem que a montadora só tomaria essa decisão se houvesse substituto e, por enquanto, não há. Um dos últimos remanescentes da família Palio, a Weekend também é dúvida, mas não há indicativo de substitutos.

Independentemente das especulações, vale ficar atento às ofertas e planejar bem o tempo de permanência com o carro para que a opção de comprar ou não um carro que sofrerá atualizações ou saía de linha não se transforme em um mau investimento.

PARA FECHAR NEGÓCIO

1. Planeje o tempo que deseja permanecer com o carro 

2. Se seu plano é trocar de carro dentro de um ano, opte por novos modelos

3. Se a proposta é manter o carro por mais tempo, vale avaliar os veículos que sairão de linha e/ou sofrerão alterações

4. Não tenha pressa, analise com cuidado. Verifique sua intenção e necessidade. Não se deixe influenciar por modismos

5. Verifique se as versões mais antigas terão descontos especiais ou ganharão itens de série para tornar a compra ainda mais vantajosa


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas