Corpo de Naya Rivera é encontrado exatos sete anos após morte de Cory Monteith

em alta
13.07.2020, 16:12:00
Atualizado: 13.07.2020, 16:28:42
Naya e Cory como Santana e Finn em Glee (Divulgação)

Corpo de Naya Rivera é encontrado exatos sete anos após morte de Cory Monteith

Fãs relembraram coincidência trágica; série Glee ainda teve morte de terceiro ator

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A morte do ator Cory Monteith, protagonista de Glee, completa nesta segunda-feira (13) sete anos. Nas redes sociais, fãs lembraram a data, destacando uma coincidência fúnebre: hoje, o corpo da atriz Naya Rivera, também de Glee, foi encontrado no Lago Piru, onde ela desapareceu na semana passada. A informação é do site TMZ - a polícia confirma que encontrou um corpo, mas só deve passar informações oficiais mais tarde.

A atriz de 33 anos desapareceu na quarta, após sair para passear de barco com o filho de 4 anos. O garoto foi encontrado sozinho adormecido na embarcação e afirmou que a mãe não voltou de um mergulho.

Cory, que vivia o galã Finn na série, morreu aos 31 anos, em 2013. O corpo foi achado em um hotel de Vancouver, no Canadá. Segundo a investigação, o ator morreu por conta de uma mistura de heroína e álcool.

“A morte da Naya Rivera é confirmada exatos 7 anos da morte do Cory Monteith, e uma das cenas mais tristes do episódio de Glee em homenagem ao Cory é a Santana não conseguindo terminar de cantar If I Die Young (Se eu morrer jovem)”, comentou um internauta no Twitter. “No dia 13 Julho de 2013, foi confirmada a morte do ator Cory. E 7 anos após o ocorrido, nessa mesma data. Polícias acharam um corpo no Lago Piru, onde a atriz Naya está desaparecida. Hoje é um dia cinzento para os fãs de Glee”, refletiu outro.

Veja a cena citada:

Alguns fãs não gostam da menção à chamada "maldição de Glee", mas a série foi marcada também por uma outra morte trágica. Em 2018, o ator Mark Salling, o Puck, foi achado morto pendurado em uma árvores em Sunland. Meses antes, ele havia se declarado culpado pela posse de imagens de pornografia infantil.

Buscas por Naya
Naya alugou o barco no último dia 8, por volta das 13h, saindo para passear com o filho. Horas depois, o menino foi achado dormindo só na embarcação. Ele foi resgatado e contou que a mãe não voltou de um mergulho.

Dois dias depois, a polícia afirmou que considerava a operação um resgate do corpo, considerando que Naya presumivelmente morreu afogada. 

As autoridades divulgaram imagens que mostram a atriz deixando o carro com o filho e depois entrando na embarcação, horas antes do sumiço. O garoto de 4 anos está com o pai, Ryan Dorsey, ex-marido de Naya.

Sonares, câmeras controladas remotamente e mergulhadores estão sendo usados na busca. A visibilidade no lago não é boa e há muita vegetação e detritos no fundo do lago. A polícia trata o caso como um acidente até o momento. Na semana, o porta voz chegou a considerar que talvez o corpo de Naya nunca fosse encontrado.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas