Cresce a procura por renda extra em meio a pandemia

estúdio correio
15.04.2021, 17:30:00
Atualizado: 22.04.2021, 17:41:35
(Crédito: Pixabay)

Cresce a procura por renda extra em meio a pandemia

Confira 10 formas de ganhar dinheiro pela internet

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A internet é um ambiente que permite diversas interações, desde entretenimento, até os contatos voltados para negócios. No contexto atual, já é possível trabalhar de forma total ou parcialmente online, pois existem inúmeras possibilidades de obter uma renda extra na internet.

Veja a seguir 10 formas de ganhar dinheiro pela internet, para começar agora mesmo!

1 – Afiliar a Plataformas de Lojas Famosas
É possível obter renda extra na internet divulgando produtos de lojas famosas. Além disso, pode-se divulgar promoções e até  cupom de desconto  para incentivar a compra de determinados produtos nessas lojas afiliadas. 

Há plataformas como, Lomadee, Afilio, Rakuten, ActionPay,  fazem a ponte para divulgar diversas lojas famosas. Além desta forma, tem-se também a possibilidade de se afiliar diretamente às lojas, como é feito pela Magazine Luiza e Amazon, por exemplo, que tem sua própria plataforma de afiliação.

Assim, ao divulgar esses produtos dessas lojas, é possível rastrear as compras feitas por eles. Dessa forma, quem divulgou aquele cupom ou promoção receberá uma comissão pela venda concluída.

Nestas plataformas é possível encontrar várias lojas famosas cadastradas como anunciantes. Assim, ao realizar o cadastro, há a possibilidade de divulgar links, banners e cupons de descontos, e receber comissões pelas vendas realizadas por meio deles.

Neste modelo de negócio, todos mundo sai ganhando:
●        O anunciante lucra por aumentar suas vendas;
●        O cliente lucra por receber links de promoções e cupons de descontos,
●        E o afiliado lucra com a comissão, pelas vendas feitas a partir de seus links e cupons. 

2 - Afiliar a Plataformas de Produtores Online
O mercado de afiliados é uma maneira digital de fazer negócios, vendendo ou divulgando produtos e serviços de empresas na internet. Os ganhos ocorrem por meio de comissões por vendas, por vendas.

É possível trabalhar nesse mercado se cadastrando em plataformas de afiliados, que fazem a intermediação entre Produtores (Digitais e Físicos) e afiliados online. Plataformas como Eduzz, Monetizze, Hotmart, Braip são exemplos de plataformas que aplicam esse modelo de negócio do mercado de afiliados.

A Hotmart é especializada em trabalhar somente com produtos digitais, como, por exemplo, cursos, mentorias, treinamentos online, dentre outros produtos digitais.

Já a Braip, Eduzz e Monetizze é possível ganhar comissões pelas vendas de produtos físicos e infoprodutos. Do mesmo modo, também é possível criar e comercializar os próprios infoprodutos nestas plataformas.

3 – Criando uma loja online
Ter a própria loja virtual também é uma opção de renda extra na internet. Além disso, quem já tem uma loja física, também pode considerar a possibilidade de montar uma loja online, para aumentar as vendas.

Um ponto importante a ser aplicado é a questão do nicho.

É ideia comum que um e-commerce de pode ter muita variedade, o problema é que não é possível para um pequeno empreendedor investir em marketing para diversos públicos, segmentar estratégias para cada tipo de produto ou ainda, gerir ou armazenar um grande estoque, portanto, é importante concentrar os esforços em algum tipo de público ou produto.

Dentro do ramo da moda, por exemplo, é possível trabalhar com três tipos de públicos: feminino, masculino e infantil.

Depois dessa segmentação, ainda é possível definir que tipo de produto será comercializado:
·         Calçados
·         Bolsas
·         Vestuário
·         Acessórios

Suponhamos que você tenha definido que seu e-commerce será de acessórios.

Que tipo de material será sua especialidade? Algumas opções:
·         Ouro
·         Prata
·         Aço
·         Semijoias
·         Bijuterias

Lembrando que você não precisa ter apenas um tipo de material no seu e-commerce, mas é importante que você tenha algum tipo de produto onde você possa ser considerado uma referência, e por isso é necessário segmentar pelo menos uma porcentagem (geralmente, 70% é considerado razoável).

Escolhido o material, você pode determinar os produtos que vai incluir na sua loja, por exemplo: No caso de uma loja com o público feminino, de acessórios, semijoias, você pode incluir no seu catálogo: Aneis, brincos, colares e pulseiras femininas.

Após definir público, produtos e classificar corretamente qual tipo de categorias de produtos você vai utilizar, basta começar a divulgação e logo surgem as primeiras vendas.

4 – Dropshipping
Vender online utilizando dropshipping também possibilita a geração de renda extra na internet. Essa prática consiste em vender um produto que não tem em estoque. Na verdade, é uma técnica de gestão de cadeia logística, em que o revendedor negocia um produto que está no estoque do fornecedor em um país no exterior.

Sendo assim, para iniciar nesse ramo, é necessário criar uma loja virtual, e expor os produtos que pretende comercializar. Toda vez que uma venda é concluída, basta solicitar o produto para o fornecedor no exterior, pois ele será o responsável por separar e enviar o produto ao cliente.

Além disso, também é possível trabalhar com mais de um fornecedor e o trabalho será apenas o de divulgar e vender. E, em seguida, comprar os produtos que vendeu no fornecedor. Um fornecedor muito utilizado atualmente são os do Aliexpress, Ebay e Alibaba.

5 – Renda Extra Trabalhando Como Redator Web
O trabalho como freelancer tem ganhado cada vez mais espaço na vida do profissional moderno. E muitos oferecem seus serviços de forma autônoma, complementando a renda, ou ainda fazendo do serviço na internet, a sua principal fonte de renda.

Contudo, para ser um redator web, é importante escrever bem, e ter um computador com acesso à internet. Então, a partir daí, é possível produzir textos para blogs e outras finalidades, e lucrar com esse trabalho.

Aliás, algumas plataformas fazem a intermediação entre redatores e clientes para quem está começando, e ainda não tem uma rede de clientes consolidada.

6 – Criar E-books
O e-book é um livro em versão digital, feito para comercializar e ler em dispositivos digitais.

Além disso, um infoproduto pode ser comercializado por terceiros (amazon, por exemplo) ou pelo próprio autor criando sua própria plataforma de venda.

Para isso, é necessário ter um conteúdo interessante para publicar, e algum tempo disponível para escrever, editar e publicar o livro nas plataformas de venda de e-books.

A vantagem é que não é necessário ter muito dinheiro para investir. Além disso, recebe-se uma boa porcentagem das vendas, pois o próprio autor terá que arcar com todo o trabalho, desde a criação até a publicação.

7 – Tradução de textos
Além disso, para quem tem conhecimento em uma ou mais línguas estrangeiras, é possível oferecer serviços de tradução de textos na internet.

O trabalho de tradução freelancer exige mais especialização, já que é necessário saber outro idioma. Contudo, a remuneração costuma ser maior também.

Assim, é possível conseguir clientes que tenham blogs ou empresas e precisam de tradução de textos com certa frequência.

8 – Blog
Criar um blog pode ser uma boa maneira de ter uma renda extra na internet. Porém, é algo que exige dedicação, alguns conhecimentos e paciência, pois o blog requer um tempo para começar a gerar renda.

Um blog "nichado" pode ser ainda mais interessante, pois irá atrair um público específico, contudo, é importante ter afinidade com o tema, escrever bem, apresentar bom conteúdo e ter noções de marketing digital para garantir o sucesso com o blog.

A partir do momento que o tráfego aumenta, é possível começar a lucrar em parcerias com marcas, publicação de artigos patrocinados e venda de anúncios.

9 – Curso Online
O curso online é outro exemplo de infoproduto. É uma maneira de gerar renda extra na internet para quem tem algum conhecimento específico e deseja ensinar para outras pessoas.

A ideia é vender esse conhecimento por meio de um curso online. Trata-se de um produto totalmente digital, sem versão física. Com isso, reduz-se os gastos com investimento. E abre um grande espaço para poder vender numa escala bem maior que é a internet.

10 - Fotografias
Outra forma interessante de ter uma renda extra na internet é vendendo fotografias para sites, blogs e para bancos de imagens. Porém, vale frisar que as imagens devem ter uma ótima qualidade.

A grande vantagem é que não é necessário ter uma câmera profissional para tirar as fotos. Com o próprio smartphone, é possível fazer belas fotografias, vender e ter uma renda extra, vendendo na internet.

Enfim, foram apresentadas 10 maneiras de ganhar dinheiro pela internet. É importante optar por algo que tenha finalidade, e que goste, para que o trabalho fique melhor e mais prazeroso também! Não fique só na teoria, coloque em prática assim que possível.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas