Deborah Secco lembra época que transava '10 vezes ao dia': 'Não comia nem dormia'

em alta
07.08.2020, 09:58:03
Atualizado: 07.08.2020, 10:00:23
(Foto: Reprodução)

Deborah Secco lembra época que transava '10 vezes ao dia': 'Não comia nem dormia'

Início do relacionamento da atriz com o atual marido Hugo Moura foi animado

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Deborah Secco voltou a dar detalhes de sua vida sexual com o seu marido Hugo Moura no início do relacionamento. Durante participação no "OtaLab", no portal UOL, a atriz explicou a declaração de que eles transavam em média dez vezes por dia.

"Na verdade, eu nunca contei se foram dez. O que estava querendo dizer é que no início da relação a gente só fazia sexo, não tinha outro tipo de relacionamento. A gente só se via e fazia sexo, a gente nem comia nem dormia. E aí quis dizer que, com o passar dos anos, a relação vai ganhando uma nova roupagem. A gente passa a fazer outras coisas além de sexo", disse.

A declaração sobre a rotina sexual animada no início da relação aconteceu em julho, no quadro "Cada um no Seu Banheiro", do canal de YouTube de Sabrina Sato. Posteriormente, a atriz disse ter se surpreendido com a repercussão sobre a fala.

Durante a conversa com Otaviano Costa, Deborah falou ainda que considera que tem um relacionamento "de muita sorte" com Hugo. Eles estão juntos há seis anos.

"A gente se admira muito e tem o mesmo objetivo de vida. Dividir a vida com alguém parecido com você é muito fácil. Eu me apaixono a cada dia mais por ele. Ficar juntos mais tempo [na quarentena] me fez fica mais apaixonada", declarou a atriz.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas