Decoração natalina do Campo Grande é inaugurada; veja como visitar

salvador
23.11.2021, 22:12:00
(Paula Fróes/CORREIO)

Decoração natalina do Campo Grande é inaugurada; veja como visitar

Iluminação estreou com evento especial e vai ficar na praça até 6 de janeiro

Com muitos curiosos, apresentações musicais de integrantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) e um show de luzes gerado por 250 mil microlâmpadas espalhadas pela praça do Campo Grande. Foi assim que aconteceu, nesta terça-feira (23),  a inauguração da decoração natalina do espaço que já é destino certo dos soteropolitanos no fim de ano.

Como acontece desde 2018, o lugar encantou quem apareceu para ver a casa do Papai Noel, o presépio, uma passarela iluminada e as outras atrações que vão ficar instaladas até 6 de janeiro.

A expectativa da gestão municipal é receber, por dia, 10 mil pessoas divididas em cinco sessões com 2 mil visitantes que precisarão marcar a ida através do site natal.salvador.ba.gov.br por causa da pandemia. 

Já no primeiro dia, o local foi tomado por soteropolitanos que assistiram a uma programação especial com direito a coral formado por servidores da Diretoria de Iluminação Pública (DSIP), órgão responsável pela iluminação natalina da capital.

(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)
(Paula Fróes/CORREIO)

Entretenimento

Uma das pessoas privilegiadas na inauguração foi Gil Aruba, 54 anos, que trabalha na área de saúde e foi convidada pela prefeitura como agradecimento pelo empenho destes profissionais na pandemia. Acompanhada da família, ela foi só elogios para a praça.

“A decoração está toda linda, me sinto honrada de ver já no primeiro dia essa formosura toda e espero que todo mundo tenha a oportunidade de vir aproveitar.  Lembrando que é importante fazer isso de máscara, com segurança. Porque aí todo mundo curte sem riscos”, disse Gil.

Gil e sua filha Ana Luiza no Campo Grande (Foto: Paula Fróes/CORREIO)

Os estudantes Gabriel Rodrigues, 14, e Cleidson Sena, 15, apareceram por acaso. Moradores do bairro Dois de Julho, eles passeavam quando viram a praça aberta. “Eu achei massa, viu! Está melhor até que o do ano passado, essa árvore mesmo ficou bala. Rodamos aqui tudo e está show, só faltou a companhia das meninas”, contou Gabriel, que quer voltar na praça com as paqueras.

Gabriel e Cleidson deram sorte de passar pela praça na abertura da decoração (Foto: Wendel de Novais/CORREIO)

Já Júlia Cruz, 33, quer mesmo aproveitar a decoração com o filho Ryan, que é integrante do programa da APAE. Para ela, a decoração que, neste ano, conta com auxílio às pessoas com deficiência, não deixa a desejar em dois aspectos: beleza e inclusão. 

“Tá encantador! Eu amei e ele também. Para ele, em especial, é só interatividade com a descrição em áudio e só acrescenta na visão que ele tem do mundo. É inclusão, que é necessária e não falta no lugar tão bonito, como deveria ser em todos os lugares”, afirmou Júlia. 

Júlia e Ryan aprovaram a decoração de 2021 (Foto: Wendel de Novais/CORREIO)

O maior Natal

Presente na abertura da decoração, o prefeito Bruno Reis citou as 7 milhões de lâmpadas que estão espalhadas por Salvador para dizer que a cidade terá a maior iluminação natalina da história.

“Que esse Natal sirva para darmos a nossa volta por cima. Para isso, nós preparamos um especial que, sem sombra de dúvidas, é o maior Natal da história de Salvador. A cada ano a nossa cidade se consolida com o ‘Natal Luz’ como o maior do Nordeste e, podem anotar aí, em breve, vai caminhar para ser um dos principais festejos natalinos do Brasil”, projetou.

Com a intenção de se firmar como referência natalina no país, a gestão municipal investiu R$ 8 milhões na iluminação e decoração que chegou também ao Subúrbio Ferroviário, como lembrou o prefeito.

“Temos iluminação nas principais avenidas e praças de Salvador com muitas atrações. É um Natal com mais áreas atendidas. Em especial, a Praça da Revolução, em Periperi, onde, pela primeira vez, há uma decoração natalina, e também em outros locais como Cajazeiras”, concluiu.

*Com orientação da subchefe de reportagem Monique Lôbo

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas