‘Deixem de me seguir na rede social’, diz Xuxa para apoiadores de Bolsonaro

em alta
12.10.2021, 17:05:00
(Reprodução/Record TV)

‘Deixem de me seguir na rede social’, diz Xuxa para apoiadores de Bolsonaro

Apresentadora comentou reclamação de presidente que foi barrado em estádio por não ser vacinado: 'a lei serve para todos'

A apresentadora Xuxa Meneghel foi parar nos assuntos mais comentados do Twitter, na tarde desta terça-feira (12), após fazer um post no Instagram detonando o presidente Jair Bolsonaro. 

A apresentadora voltou a criticar o fato do líder nacional não ter assistido ao jogo do Santos, no último domingo (10), por não possuir o passaporte de vacinação contra o novo coronavírus.

Xuxa compartilhou um trecho de uma entrevista de Bolsonaro na qual ele disse: “Eu queria ver o jogo do Santos agora e me falaram que tem que estar vacinado. Por que isso? Eu tenho mais anticorpos do quem tomou a vacina”.

Na legenda, a Rainha dos Baixinhos disparou contra o presidente, ao qual chegou a se referir como genocida. Ela também pediu o impeachment de Bolsonaro. “Eu lhe respondo por que Sr. Presidente, porque estamos em uma pandemia, porque a lei serve para todos, porque assim protegemos as pessoas, porque já morreram 600 mil pessoas, porque precisamos seguir o que os cientistas, médicos e a organização mundial da saúde pede e exige a todos no mundo, porque quem não faz isso e não segue as regras mundiais é genocida. Tem gente que vai querer argumentar. Por favor, deixe de me seguir, deixe de falar comigo e você que é a favor da vida, assine o impeachment agora”, comentou.

Xuxa já criticou várias vezes a gestão da crise sanitária pelo presidente Bolsonaro, citando problemas como o atraso nas vacinas, supostos desvios na compra dos imunizantes, aglomerações, entre outros.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas