Diária de cordeiros será de R$ 50 no Carnaval 2016, diz MPT

carnaval
14.01.2016, 16:15:00

Diária de cordeiros será de R$ 50 no Carnaval 2016, diz MPT

Uma reunião entre cordeiros e blocos aconteceu nesta quarta-feira (13); trabalhadores devem ganhar R$ 4 a mais do que em 2015

Em reunião na tarde de quarta-feira (13), na sede do Ministério Público do Trabalho (MPT), no Corredor da Vitória, donos de blocos e representantes de cordeiros confirmaram o valor de R$ 50 como diária mínima dos trabalhadores durante o Carnaval 2016, R$ 4 a mais do que em 2015. A informação foi divulgada pelo MPT. 

Cordeiros no Carnaval de Salvador (Foto:Arquivo Correio)

As entidades chegaram a um acordo com relação ao valor mínimo da diária de trabalho, além do fornecimento de equipamentos de proteção, água e alimentação para os cordeiros. A proposta aceita prevê o pagamento de R$ 43,40, além do valor de R$ 6,60, que corresponde a duas passagens de ônibus municipais, totalizando diária mínima de R$ 50. Em 2015, os cordeiros receberam diária mínima de R$ 46.

Um termo de compromisso deve ser assinado pelas partes na próxima semana, ainda sem data para acontecer. O objetivo, de acordo com o MPT, é formalizar a consciência de itens de segurança, valores de remuneração e prazos para pagamentos, para evitar a informalidade e eventual exposição do trabalhador. O descumprimento das cláusulas pode levar a aplicação de multa a cada um dos blocos, além disso, é proibida a atividade de cordeiros para menores de 18 anos, mulheres grávidas e idosos.

Segundo o presidente do Sindicato dos Cordeiros (Sindcorda), Mathias Santos, 34 anos, o Carnaval cada vez mais sem cordas reduz a oferta de empregos para a categoria. "Este ano teremos 50% a menos de cordeiros trabalhando nas ruas. Estimamos apenas 29 mil", afirma. Ainda de acordo com o presidente, o Sindcorda vem pleiteando o valor de R$ 75 para a diária dos trabalhadores, mas os blocos alegam que é um valor inviável por conta das taxas e impostos da festa. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas