Dívida com Marcelo Chamusca deixa Vitória sob risco de sofrer punição

e.c. vitória
09.10.2020, 12:10:00
Atualizado: 09.10.2020, 13:06:52
Marcelo Chamusca trabalhou no Vitória de janeiro a março de 2018 (Maurícia da Matta/EC Vitória)

Dívida com Marcelo Chamusca deixa Vitória sob risco de sofrer punição

Clube tem até dia 19 para pagar R$ 150 mil ao treinador; pena pode impossibilitar registro de novos atletas por até dois anos

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Há muito tempo a torcida do Vitória não ouve falar de Marcelo Chamusca, mas o ex-treinador, que deixou o clube em março de 2019, voltou a ser pauta no clube nesta semana por uma dívida que o rubro-negro mantém com ele. 

Até o dia 19 de outubro, o Vitória terá que quitar um débito relacionado ao direito de imagem de Chamusca, em torno de R$ 150 mil. Na época da demissão, o clube teria acertado pagar o valor de forma parcelada, mas isso não aconteceu. 

Após tentativas frustradas de acordo, o caso chegou à Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD), órgão da CBF que determinou o prazo final para o clube comprovar o pagamento. 

De acordo com o artigo 40 da CNRD, em seu parágrafo 3°, a pena por descumprimento pode impossibilitar o Vitória de registrar novos atletas pelo período de seis meses a dois anos.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas