Dono do melhor ataque, Bahia é o time que mais finaliza no Brasileirão

e.c. bahia
09.05.2019, 12:50:00
Atualizado: 09.05.2019, 12:51:05
Fernandão ainda não marcou gols no Campeonato Brasileiro (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Dono do melhor ataque, Bahia é o time que mais finaliza no Brasileirão

Rogério e Gilberto são os jogadores que mais chutam para o gol com a camisa tricolor

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O ataque do Bahia vive momento iluminado no início do Brasileirão. Em três jogos, o tricolor balançou as redes seis vezes. O número é o suficiente para alçar o Esquadrão como melhor ataque da competição, junto com outros cinco clubes: Atlético Mineiro, Palmeiras, Athletico Paranaense, Fluminense e Grêmio.

Na era dos pontos corridos, apenas uma vez o tricolor foi tão eficiente como em 2019. Na edição de 2017, o Bahia terminou a terceira rodada com sete gols. O número foi alavancado pela goleada por 6x2 aplicada sobre o Athletico-PR, logo na estreia.

Essa alta efetividade do Bahia tem uma explicação: as finalizações. De acordo com o FootStats, o time é o que mais chuta a gol no Campeonato Brasileiro. Ao todo, os comandados do técnico Roger Machado finalizaram 53 vezes na competição, sendo 33 delas dentro da área.

Os números poderiam ser ainda melhores. Com 270 minutos jogados até aqui, o ataque tricolor solta pelo menos uma bomba a cada cinco minutos, mas o índice de acertos é de apenas 43,4%, menos da metade. Só contra o Avaí, quando teve grande volume no primeiro tempo, o Bahia finalizou 20 vezes. Destas, 11 foram no alvo, aproveitamento superior a 50%. O ataque parou no goleiro Vladimir e não deixou o campo com um placar elástico.

Os principais responsáveis por colocar o Bahia como líder em finalizações são os atacantes Gilberto e Rogério. Cada um finalizou nove vezes até aqui. O camisa 90 leva a melhor na disputa, com quatro chutes certos e um gol.

Artilheiros do Bahia no Brasileirão com dois gols cada, Artur e Arthur Caíke aparecem na sequência, com sete finalizações cada. Artur, porém, tem sido mais eficaz. Foram seis chutes certos contra quatro do parceiro de ataque, aproveitamento de 85,7%.    

Anatomia dos gols
Os gols do Bahia no Brasileirão têm uma característica comum. Dos seis tentos, apenas um foi marcado de fora da área, o de Rogério, por cobertura contra o Corinthians. A conta poderia ser maior se Moisés não tivesse parado na trave de Cássio.

A explicação para isso também está nas finalizações. Dos 53 chutes a gol do Bahia, 33 foram arrematados de dentro da área. Característica do jogo proposto por Roger Machado, que usa toques rápidos para chegar na cara do gol.

“O que posso falar é que bom que a gente está na cara do goleiro. Em alguns momentos, o goleiro faz milagre. [...] Que bom que estamos criando. Talvez a gente estivesse conversando aqui sobre a nossa incapacidade de chegar no goleiro. São pequenos ajustes”, explicou o técnico Roger Machado.

Sem surpresa
O bom início do ataque tricolor na competição passa longe de ser uma surpresa. O Bahia é o time que mais marcou gols em 2019. O tento de Artur sobre o Avaí foi o 57º da equipe na atual temporada. Destes, a dupla Gilberto e Fernandão é responsável por 22 gols, o que dá aproximadamente 38% do total.

Os dois ainda não balançaram as redes no Brasileirão e Gilberto deixou o campo contra o Avaí chateado com o baixo desempenho. “Estou me cobrando bastante, foram três ou quatro chances desperdiçadas por mim e isso não pode acontecer”, afirmou o camisa 9.

Gilberto e todo o ataque do Bahia terão a semana inteira para afiar a pontaria e voltar a comemorar os gols diante do Athletico Paranaense, adversário de domingo, às 19h, na Arena da Baixada.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas