É melhor pegar um empréstimo ou parcelar a dívida com o IR?

tira-dúvidas finanças
08.04.2019, 05:00:00

É melhor pegar um empréstimo ou parcelar a dívida com o IR?


Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Infelizmente ao invés de restituir, vou ter que pagar R$ 1 mil de Imposto de Renda. É melhor pegar um empréstimo para pagar esse valor à vista e ficar quite com o Leão ou parcelar esta dívida? Anônimo

Olá Anônimo. Ao fazer a Declaração de Ajuste Anual do Imposto de Renda Pessoa Física, pode aparecer imposto a restituir ou a pagar, no seu caso o total de imposto pago ao longo do ano foi inferior ao total apurado, por isso gerou saldo de imposto a pagar. É possível optar pelo parcelamento em até oito vezes pelo próprio sistema da Receita Federal, contudo, os valores serão corrigidos pela taxa SELIC, aumentando um pouco a cada mês o valor da sua parcela. Como não pode pagar à vista, recomendo que utilize essa opção, porque se for pegar um empréstimo para quitar o imposto, irá pagar juros muito mais elevados do que o cobrado pelo fisco.


Que critérios definem o custo de financiamento de um imóvel? Mariana Oliveira

Olá Mariana. Se entendi bem a sua pergunta, está se referindo aos itens que compõem a taxa de juros e outras despesas, do financiamento imobiliário. Sendo assim, podemos destacar que os percentuais de juros que formam o custo efetivo total do financiamento imobiliário possuem importantes elementos na sua composição. Os bancos determinam as taxas de juros a partir do Custo de Captação, do Risco de Crédito e Spread Bancário, ou seja, é formar um preço de venda considerando todos os custos, despesas e lucro desejado. O custo de captação é como se fosse a matéria prima, pois se refere ao gasto que o banco tem para obter dinheiro, quanto ele paga aos investidores. O Risco de Crédito está relacionado à probabilidade de não receber seu dinheiro de volta, ou seja, a inadimplência. Quanto maior for o índice de inadimplência, maior será o custo de financiamento. E por fim, mas não menos importante, o spread bancário, que é o lucro que as instituições financeiras têm com as operações. Esses lucros vão variar, dependendo da instituição, mas é fator determinante na formação da taxa de financiamento imobiliário. Outro fator que serve de base e é a principal referência para a determinação dos juros praticados no mercado, é a taxa SELIC, que é a taxa básica de juros referência da economia, regulada pelo governo federal e que serve de parâmetro para aplicação dos juros de mercado, tanto no âmbito do pagamento, com os empréstimos e financiamentos, como no recebimento, com os investimentos feitos no mercado financeiro.


Estou em busca de investimento para abrir o meu negócio. Onde posso encontrar linhas de crédito mais vantajosas? Nos bancos comuns ou nas fintechs? Os bancos digitais também têm produtos para quem quer empreender?Anderson Martins

Olá Anderson. Umas das principais dificuldades encontradas pelos empreendedores são as fontes de financiamentos para tornar real as grandes ideias. Existem várias opções de crédito, tanto nos bancos tradicionais quanto nas  fintechs, o problema são os critérios burocráticos que envolvem todo esse processo. Os bancos de fomento possuem linhas de créditos muito competitivas e condições especiais para pequenos negócios, contudo, para conseguir o crédito terá que apresentar uma garantia real. Como seu negócio ainda não está em funcionamento, portanto, sem histórico financeiro com a instituição, esse é um fator  que eleva o risco. O melhor caminho é montar um bom projeto, com um plano de negócio bem parametrizado, submeter à análise da instituição de crédito e assim ficar elegível ao financiamento, mas não perca de vista os pontos determinantes para ter sucesso nesse processo, que é ter um bom produto, com bom potencial de mercado e demonstrar isso no seu relatório. Com todo esse trabalho, associado à existência de garantia real, conseguirá realizar seu projeto com um custo financeiro bem competitivo.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas