Egípcia pede divórcio porque marido faz todas as tarefas domésticas

mundo
16.11.2017, 16:26:20
Atualizado: 16.11.2017, 16:42:11

Egípcia pede divórcio porque marido faz todas as tarefas domésticas

Marido disse que se ela queria viver com ele, teria que seguir as regras dele

Samar M., uma mulher egípcia de 28 anos, entrou com um pedido de divórcio apenas duas semanas após o casamento porque seu marido faz todas as tarefas de casa e ela ficou irritada com isso, de acordo com o jornal Khaleej Times.

Ela alega que seu marido, Mohammad S., está agindo como uma "dona de casa", porque ele faz limpeza e organização da casa e sequer a deixa ajudá-lo. Ela disse que chegou a confrontar o companheiro, mas ele disse que, se ela queria viver com ele, deveria seguir suas regras.

"Nós nos casamos há apenas duas semanas, eu o conheço e o amo há dois anos, mas estou odiando morar com ele e não posso mais lidar com as atitudes dele", disse Samar ao jornal.

"Meu marido é um dono de casa. Ele não me deixa tocar em nada na nossa casa e cozinha, limpa e faz todas as tarefas. Ele controla tudo em nossa casa e eu não posso opinar em nada, nem mesmo o canal de televisão. Ele tem um negócio próprio, mas ele contratou pessoas para gerenciar a loja só para ficar mais tempo em casa. Ele passa as roupas, varre a casa e até arruma as comidas na geladeira", disse a mulher.

Samar registrou um pedido de divórcio na Vara Familiar em Cairo, capital do Egito. "Meu marido não me dá liberdade para fazer as coisas em casa, eu sinto como se fosse uma hóspede em um hotel", concluiu. O processo já foi iniciado e está em curso.


***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas