Em busca de equilíbrio ofensivo, Vitória encara o Coritiba na Série B

e.c. vitória
22.06.2021, 05:02:00
Elenco do Vitória treina no estádio Egidio Pietrobelli, do Iguaçu, em Curitiba (EC Vitória/Divulgação )

Em busca de equilíbrio ofensivo, Vitória encara o Coritiba na Série B

Rubro-negro tenta emplacar segundo triunfo consecutivo no Brasileiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Equilíbrio. É o que o Vitória tenta encontrar após quatro jogos sob o comando de Ramon Menezes. O Leão oscilou bastante ofensivamente neste mês de junho e busca uma constante diante do Coritiba nesta terça-feira (22), às 21h30, no estádio Couto Pereira, em Curitiba. O jogo é válido pela 6ª rodada da Série B.

A ideia é manter o time embalado após a primeira vitória na competição, festejada no sábado (19), com a virada de 3x1 sobre o Brusque, no Barradão. O resultado fez o Leão chegar a seis pontos e subir seis posições. Em 11º lugar, o rubro-negro mira integrar a primeira metade da tabela, onde o Coritiba já está - tem sete pontos, na 8ª posição. Ambos têm chance de entrar no G4. O Botafogo abre o grupo de acesso, com oito pontos, em 4º lugar. 

Antes de bater o Brusque, o Vitória tinha empatado os dois primeiros jogos sob o comando de Ramon Menezes na Série B, com Operário e Remo, ambos em 0x0. Foram cinco pontos conquistados de nove possíveis na competição. Na estreia do treinador o time eliminou o Internacional da Copa do Brasil com triunfo de virada por 3x1, em Porto Alegre, que classificou o rubro-negro para as oitavas de final, cujo sorteio será também nesta terça. 

Se o ataque não se mostrou eficiente em todos os jogos, a defesa está apresentando números para impor respeito ao adversário. Nas quatro partiads com Ramon à beira do campo, o Vitória sofreu dois gols. 

"Vejo um momento de crescimento. (...) Eu sou adepto a um grande futebol e enxergo que futebol é uma construção. Tenho certeza que estamos no caminho certo. Tem sido um trabalho olho no olho. É continuar concentrado, focado. (...) Será um jogo muito difícil, mas nós estamos muito preparados", afirmou Ramon Menezes.

Possível escalação
É possível que Ramon mantenha a escalação do time que venceu o Brusque. Outra opção é retomar o esquema com três zagueiros, adotado pelo treinador nas duas partidas disputadas fora de casa, contra Internacional e Remo. Nestes dois jogos, Mateus Moraes reforçou a defesa. Caso isso ocorra, a tendência é que Fernando Neto fique no banco de reservas.  

"Eu acho que o mais importante é que todo mundo está focado, pensando exclusivamente no Vitória. Independentemente da plataforma que formos a campo, todo mundo vai dar seu máximo, aquilo tudo que treinamos", despistou Ramon.

O lateral direito Raul Prata segue como desfalque, por causa de uma contusão na panturrilha. Já o atacante Ronan se recuperou de lesão e integra a lista de relacionados para o jogo. 

O Vitória pode entrar em campo com Lucas Arcanjo, Cedric, Marcelo Alves, Wallace e Roberto; Gabriel Bispo, Fernando Neto (Mateus Moraes), Pablo Siles e Soares; David e Dinei (Samuel).

O Coritiba também deve manter a base do time que venceu o Vila Nova, fora de casa, por 1x0, no sábado. Se houver mudanças, serão no setor ofensivo, onde Waguininho pode entrar no lugar de Dalberto e Igor Paixão no de Valdeci.

O provável time do Coritiba terá Wilson, Igor, Henrique, Luciano Castán e Guilherme Biro; Matheus Sales, Gustavo Bochecha e Rafinha; Valdeci (Igor Paixão), Léo Gamalho e Waguininho (Dalberto).

Os jogos do Vitória sob o comando de Ramon Menezes: 

10/06: Internacional 1x3 Vitória - Copa do Brasil
13/06: Vitória 0x0 Operário - Série B
16/06: Remo 0x0 Vitória - Série B
19/06: Vitória 3x1 Brusque - Série B

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas