Em busca de espaço, Ramon celebra adaptação ao time principal

e.c. bahia
04.07.2020, 07:00:00
Integrado ao principal, Ramon vive expectativa por novas chances com a camisa do Bahia (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em busca de espaço, Ramon celebra adaptação ao time principal

Volante espera ganhar chance em maratona de jogos durante a retomada

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Aos 23 anos, Ramon pode dizer que já não é mais um menino. Formado na base do Internacional, o volante teve poucas chances no time principal do colorado, mas as atuações na equipe sub-23 durante o Brasileirão da categoria, em 2018, o levaram ao Vila Nova.

No time de Goiás, as coisas não saíram tão bem quanto ele esperava. O Vila acabou rebaixado à Série C no ano passado, mas de novo as boas atuações nos 40 jogos e dois gols que marcou pela equipe chamaram a atenção.

É com essa experiência que Ramon busca um lugar no Bahia. Discreto, chegou falando pouco e não precisou de muito tempo para se tornar um dos destaques da extinta equipe de aspirantes do tricolor no Campeonato Baiano. Agora, integrado ao grupo principal, espera alçar voos maiores.

“É uma oportunidade gigantesca trabalhar pelo Bahia. Fico muito motivado e pode ter certeza de que vou dar o meu melhor sempre para agarrar essa oportunidade”, afirma Ramon.

Pelo clube, o volante vai ter a chance de disputar, pela primeira vez, a Série A do Campeonato Brasileiro. O início da competição está marcado para o dia 8 de agosto, mesmo com a pandemia do novo coronavírus. Apesar da expectativa, Ramon sabe que a concorrência no setor é grande.

Além dele, o Esquadrão conta com outros sete volantes no elenco. São eles: Gregore, Flávio, Elton, Ronaldo, Jadson, Yuri e Edson. Por isso, Ramon deixa essa dor de cabeça para o treinador Roger Machado e prefere não escolher lugar no campo.

“O grupo tem grandes jogadores, não tem lugar garantido para ninguém, um grupo focado. A decisão vai ser do professor, quem ele achar que está preparado para aquela situação específica, vai colocar para jogar. Mas vai precisar de todos e todos precisam estar preparados e prontos”.

“A disputa não é especificamente com o Flávio, mas ela é sadia com todos os jogadores, é natural do futebol isso, temos que mostrar o nosso valor. Mas como já falei, vamos precisar de todos. Vai ser uma maratona de jogos e tudo tem que estar pronto para a gente desempenhar o melhor pelo Bahia”, continuou o volante.

Desempenho
Este ano, Ramon fez cinco jogos pelo Bahia, todos no Campeonato Baiano, e marcou dois gols. Ele é o artilheiro do time no estadual. Integrado ao grupo principal desde o dia 16 de junho, quando os treinos presenciais foram retomados na Cidade Tricolor, Ramon garante estar adaptado e conta ainda que foi bem recebido pelos novos companheiros.

“A verdade é que eu já vinha trabalhando com o grupo antes mesmo da pandemia, então está sendo bem tranquilo. É um grupo muito tranquilo para trabalhar. A gente sonha em entrar ali, treina, faz o melhor e espera pela oportunidade do professor”.

Ramon comentou também que a presença de outros jogadores que faziam parte do time de aspirantes também facilita no trabalho do dia a dia. Ao todo, o Bahia subiu dez atletas que estavam na equipe sub-23.

“Já vínhamos trabalhando desde dezembro com o pessoal que subiu agora, são grandes jogadores também. A gente vem dando o máximo nos treinos, já se conhece, tem o entrosamento, mas a recepção do pessoal foi muito boa e a adaptação está sendo a mais tranquila possível”, finalizou.

Yuri de saída
A concorrência por uma vaga no meio-campo pode ficar menor para Ramon nos próximos dias. Também promovido, o volante Yuri está em negociação com o CSA. Formado na base do Bahia, ele já defendeu o time alagoano em 2018 e foi um dos destaques no acesso à Série A. O volante voltou ao Bahia no ano passado, mas teve poucas chances e foi emprestado ao Tochigi, do Japão. Na atual temporada, Yuri estava com o time de aspirantes.

Outro que também pode deixar o clube é o lateral Lepo. Fora dos planos, ele está em negociação com o Novorizontino e deve ser emprestado ao time paulista.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas