Em dia ensolarado, banhistas ignoram decreto e vão novamente às praias de Salvador

salvador
26.09.2020, 18:01:00
Atualizado: 26.09.2020, 18:12:41
(Divulgação/GCM)

Em dia ensolarado, banhistas ignoram decreto e vão novamente às praias de Salvador

Todas as praias da capital baiana continuam fechadas nos finais de semana e feriados

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Se a ida às praias fosse uma prova, a população de Salvador mais uma vez não teria passado com louvor. A prefeitura autorizou a reabertura da maioria delas na última segunda-feira (21), depois de seis meses fechadas, mas uma das regras apresentadas aos banhistas é que todas as praias da capital baiana continuam fechadas nos finais de semana e feriados.

Neste sábado (26) ensolarado, porém, teve muita gente sem máscara na faixa de areia e um pessoal que insistiu em participar de práticas esportivas coletivas nas praias da capital baiana. Duas das praias procuradas pelos soteropolitanos que ignoraram o decretos da administração municipal para conter o avanço da covid-19 foram Itapuã e Praia do Flamengo. Confira alguns vídeos.

Na Operação Devagar, Devagarinho, que substitui a operação Tira o Pé da Areia, a Guarda Civil Municipal (GCM) encontrou muita gente nesses locais e precisou orientar para que os banhistas se retirassem dos locais. "Aos finais de semana, as praias permanecem interditadas", disse a GCM através de nota enviada à imprensa.

Além da Guarda Municipal, a operação contou com o apoio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Urbanismo (Sedur), da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Semop) e da Transalvador. A ação contou com 56 agentes, que usaram 24 viaturas e quatro bikes; 4 agentes em uma base móvel e dez em uma segunda base móvel; além de quatro agentes, com três motocicletas, e dois agentes, cada um com um quadriciclo.

Apesar do movimento intenso em algumas praias, outras estavam desertas. De acordo com a GCM, no final da manhã deste sábado, o movimento era tímido nas praias da Barra, por exemplo. No final da tarde, porém, muita gente tentou dar 'escapadinhas' ficando na grama ao invés da areia. 

(GCM/Divulgação)
(GCM/Divulgação)
(GCM/Divulgação)
(GCM/Divulgação)

Funcionamento das praias

Fechadas: Porto da Barra, Buracão, e Paciência.
Abertas de terça à sexta-feira: São Tomé de Paripe, Tubarão, Ribeira, Amaralina, e Itapuã;
Abertas de segunda à sexta-feira: Todas as praias não citadas anteriormente;
Fim de semana e feriados: Todas as praias de Salvador fechadas;

Regras de reabertura das praias em Salvador

- O distanciamento mínimo de 1,5m entre os frequentadores deve ser observado durante todo o período de permanência nas praias; 

- O uso de máscara é obrigatório para acesso e durante toda a permanência nas praias, inclusive durante a realização de atividades físicas, com exceção feita às atividades aquáticas, momento em que o distanciamento mínimo recomendado entre as pessoas deve ser de 2m; 

- Além da permanência na faixa de areia e no mar, são permitidas atividades esportivas individuais ou em duplas, desde que os participantes usem máscaras durante todo o período; 

- Fica vedada a prática de qualquer modalidade esportiva que envolva mais de quatro participantes, a exemplo de futebol, e de atividades que gerem contato físico; 

- Recomenda-se que para a realização de atividades com uso de bolas e equipamentos lançados, os praticantes devem higienizar as mãos antes do início da atividade e limpar adequadamente os objetos utilizados antes do início e durante os intervalos; 

- Não são permitidas atividades que gerem aglomerações como piqueniques, luaus, eventos, etc.; 

- Fica proibido qualquer forma de comércio ambulante nas praias, inclusive de alimentos e bebidas; 

- Fica proibido o uso de cadeiras, ombrelones, guarda-sóis, sombreiros, caixas térmicas, instrumentos musicais e equipamentos sonoros.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas