Em fase final de recuperação, Rodallega pode reforçar o Bahia contra a Ponte Preta

e.c. bahia
16.05.2022, 15:31:00
Rodallega esteve em campo pela última vez na estreia do Bahia pela Série B, contra o Cruzeiro (Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia)

Em fase final de recuperação, Rodallega pode reforçar o Bahia contra a Ponte Preta

Colombiano é o artilheiro do Bahia na temporada, com 12 gols

A derrota para o Vasco ficou no passado e o Bahia agora mira um novo desafio na Série B. Na próxima sexta-feira (20), o Esquadrão recebe a Ponte Preta, às 21h30, na Fonte Nova, pela 8ª rodada. Para o duelo, o Esquadrão pode ganhar um reforço importante. 

Em fase final de recuperação, o atacante Hugo Rodallega pode ganhar alguns minutos diante do time paulista, pelo menos é o que espera o técnico Guto Ferreira. De acordo com o treinador, o camisa 9 vai voltar a treinar com a equipe durante a semana e pode ser liberado pelo departamento físico. 

"Temos cinco dias para trabalhar em cima dele. Ele ainda não fez nenhum treino com o grupo, deve fazer essa semana. E aí vamos conversar para ver, primeiro, se ele vai ser liberado nessa partida. Depois, se liberado, quanto pode jogar. Se tiver ele, é uma situação. Se não tiver, é outra situação", avaliou Guto.

Rodallega não atua desde a estreia do Bahia na Série B. Ele sofreu estiramento muscular na coxa e desde então está em tratamento. Outro que pode voltar a ficar à disposição é o meia Lucas Mugni. 

O argentino também se recupera de um estiramento muscular e nos últimos dias iniciou a transição para o campo. A última vez que Mugni entrou em ação pelo Bahia foi no triunfo sobre o Sergipe, na última rodada da primeira fase da Copa do Nordeste.

Mugni também está em uma transição, também não trabalhou com o grupo. Poderia ser uma alternativa [para o lugar de Daniel] se tivesse trabalhado com o grupo. Acho que tudo vai depender da semana", explicou o treinador.

O elenco do Bahia ganhou folga nesta segunda-feira (16) e tem reapresentação marcada para a terça-feira (17), no CT Evaristo de Macedo.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas