Em meio a disputa entre prefeitura e empresa, rodoviários de Feira anunciam greve

bahia
22.08.2021, 17:24:44
(Foto: Divulgação)

Em meio a disputa entre prefeitura e empresa, rodoviários de Feira anunciam greve

Paralisação começa nesta segunda-feira e seguirá por tempo indefinido

Os rodoviários de Feira de Santana entrarão em greve a partir desta segunda-feira (23). De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Feira de Santana (Sintrafs), a paralisação será por tempo indeterminado.

Os trabalhadores cobram um reajuste salarial para igualar os pagos em Salvador. 

A paralisação ocorre em meio a uma disputa entre a empresa Rosa, uma das duas operadoras do transporte rodoviário em Feira, e a prefeitura da cidade. 

Tudo começou após, neste domingo, a Rosa retirar 15 ônibus. O prefeito Colbet Martins informou que pretende tomar medidas judiciais contra a empresa, pois, segundo ele, a atitude teria prejudicado o sistema de transporte feirense.

 "Nós fomos surpreendidos e estamos reivindicando medidas judiciais que normalizem a situação", disse o prefeito Colbert Martins. 

Ele salientou que mensalmente tem repassado mais de R$ 1 milhão para as duas empresas, como antecipação de crédito de passagens e vale transporte, levando em conta a crise causada pela pandemia. 

"O governo municipal não tem mais como injetar recursos financeiros, estamos no limite. As empresas também não podem descumprir os contratos, deixando a população sem o serviço. Estamos reunidos com vários secretários neste domingo, buscando soluções", acrescentou o prefeito. 

Rosa culpa sindicato
Em comunicado enviado ao CORREIO, a Rosa informou que a iniciativa de tirar 15 ônibus de serviço partiu do sindicato. Além disso, a empresa ressaltou que frota operacional ativa e também a reserva estão mantidas no município: são 64 ônibus e micro-ônibus, e mais 8 veículos reservas o que, na visão da operadora, supre satisfatoriamente, a atual demanda de passageiros mediante ordens de serviço da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito. 

Além disso, a empresa também ressalta que esta quantidade de ônibus reservas é superior a 10%, conforme determina edital do poder público.

***

Em tempos de desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informações nas quais você pode confiar. E para isso precisamos de uma equipe de colaboradores e jornalistas apurando os fatos e se dedicando a entregar conteúdo de qualidade e feito na Bahia. Já pensou que você além de se manter informado com conteúdo confiável, ainda pode apoiar o que é produzido pelo jornalismo profissional baiano? E melhor, custa muito pouco. Assine o jornal.


Relacionadas