Em processo, Bahia indica interesse em volante do Cruzeiro

e.c. bahia
14.01.2020, 18:23:00
Atualizado: 14.01.2020, 20:52:01
Éderson tenta a rescisão com o Cruzeiro e o Bahia pode ser o destino do jogador (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)

Em processo, Bahia indica interesse em volante do Cruzeiro

Éderson, de 20 anos, tenta rescindir o contrato com o time mineiro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Após oficializar o atacante Rossi e já acertado com os laterais Zeca e Juninho Capixaba, o Bahia segue monitorando o mercado. A bola da vez na Cidade Tricolor é o volante Éderson, do Cruzeiro. O jogador tenta se desvincular do clube mineiro através da Justiça e, no processo, apresentou carta de interesse do Bahia na sua contratação.

O documento foi publicado pelo site Globo Esporte. Na carta, assinada pelo diretor de futebol Diego Cerri, o Esquadrão declara o interesse de contratar Éderson em definitivo por quatro temporadas. O documento é do dia 6 de janeiro e está protocolado na Vara do Trabalho de Belo Horizonte. 

O CORREIO tentou contato com o Bahia, mas até a publicação desta matéria o clube não havia se manifestado sobre o caso. 

Éderson entrou na Justiça contra o Cruzeiro cobrando salários atrasados, FGTS, direito de imagem, férias, 13ª salário, verbas rescisórias e outros valores que alega ter direito a receber da Raposa. O valor pedido na ação é de R$ 2.666.853,57. O Cruzeiro informou que fez o pagamento dos valores atrasados e que espera manter o jogador no elenco.

Na semana passada, a juíza Ana Luiza Fischer Teixeira de Souza negou o pedido do jogador para a rescisão unilateral com o clube mineiro. Uma audiência de conciliação foi marcada para o dia 10 de fevereiro.

Aos 20 anos, Éderson foi formado nas categorias de base da Raposa e, mesmo na campanha ruim que terminou com o rebaixamento à Série B, conseguiu terminar o ano de 2019 em alta. Ele fez 20 partidas no Brasileirão, sendo 19 como titular, e tem contrato até 2023. 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas