Em pronunciamento, Agenor Gordilho promete reforços e avisa: 'medidas serão tomadas'

e.c. vitória
21.07.2017, 15:15:00
Atualizado: 21.07.2017, 15:15:59

Em pronunciamento, Agenor Gordilho promete reforços e avisa: 'medidas serão tomadas'

Dirigente, no entanto, não entrou em detalhes sobre o que vai fazer para melhorar situação do clube

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um agradecimento breve aos serviços prestados por Alexandre Gallo, demitido na manhã desta sexta-feira (21), promessas de que medidas serão tomadas e recados para a torcida. Na tarde desta sexta-feira (21), o vice-presidente do Vitória, Agenor Gordilho, fez um pronunciamento na Toca do Leão e falou sobre a situação do clube .

"É um momento de ação. A nossa torcida não está satisfeita com o que está acontecendo, por isso vamos trabalhar duro para tirar o time dessa situação. Vocês já tomaram conhecimento que Gallo não está mais no clube. É um profissional gabaritado, que se preparou, mas era um anseio da nossa torcida. Amanhã (sábado) quem comanda o clube é Flávio Tanajura, profissional criado na nossa casa, que também está muito preparado. É importante também contar com o apoio do nosso torcedor. Estamos buscando essa parceria. O conselho unido, a torcida junta, os jogadores focados. Quero pedir à torcida para que nos apoie, porque estamos buscando reunir para fazer um clube mais unido. ", pediu o dirigente.

Agenor Gordilho promete mudanças no futebol do Vitória (Foto: Maurícia da Matta/ EC Vitória)


Com promessas de que as coisas irão mudar, o vice-presidente garantiu que não vai demorar para anunciar o nome do substituto de Gallo. O prazo pretendido pelo clube para a tomada de decisão, segundo ele, é de uma semana. "Nesse um dia e meio a gente ainda não parou. Quero dizer também que outras medidas (além da demissão de Gallo) serão tomadas. Estamos em busca de treinador. Amanhã podemos contar com nosso interino, que está motivado. Na próxima semana espero ter boas notícias para a torcida rubro-negra, inclusive sobre chegadas de alguns atletas. Tudo dentro do que o novo treinador precisar", declarou.

No sábado (22), dia do próximo jogo do Vitória pelo Campeonato Brasileiro, Flávio Tanajura estará à beira do gramado. O confronto será contra a Chapecoense, às 16h, no Barradão.

Desde que assumiu o posto de presidente, Agenor já participou de pelo menos três reuniões longas. Conversou com todo o elenco, na presença do diretor de futebol Petkovic, ouviu conselheiros e, por fim, fez questão de reunir todos os funcionários do rubro-negro. "Nesse um dia e meio de trabalho, tive a oportunidade de fazer uma reunião com todos os funcionários do clube. Antes tive uma reunião com todo elenco, depois fui conversar com os funcionários do clube. Conversamos muito. Foi um dia que teve mais de 24 horas. Quando a gente se propõe a fazer um trabalho, a gente faz com compromisso. Eu me doarei e me dedicarei integralmente ao clube. Medidas serão adotadas, estamos consultando outros profissionais para virem para o clube", promete. 

Outra postura

Gordilho, que chegou a comunicar o seu afastamento do Vitória na quarta-feira (19), por incompatibilidade com a postura adotada por Ivã de Almeida, prometeu para o torcedor que vai marcar presença no clube diariamente, o que, segundo ele, não era prática comum do presidente agora afastado.

"Desde que tomamos posse, estive aqui no clube todos os dias. Durante esse período que estive aqui no clube, me dediquei muito, faço isso porque gosto.Me sinto bem aqui nessa casa. Vim aqui acreditando em um projeto, por isso convoco aqui nossa torcida. Estamos aqui por causa desses torcedores. Já tive oportunidade de dizer que o clube me surpreendeu muito quando cheguei aqui, isso pelo trabalho que Raimundo Viana fez na última gestão. Isso deixou até mais fácil o início de nossa gestão. Hoje temos o conselho fiscal e a diretoria aqui presentes. Isso é o que queremos. Democratizar o clube, porque é o Vitória é do torcedor. O primeiro compromisso nosso, que foi reforma do estatuto, foi entregue em 90 dias", concluiu. 

Assista ao pronunciamento na íntegra:

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas