Em toda a Bahia, 12 pessoas são autuadas por descumprir toque de recolher

coronavírus
20.02.2021, 10:26:00
Atualizado: 20.02.2021, 10:28:30
(Foto: Divulgação SSP)

Em toda a Bahia, 12 pessoas são autuadas por descumprir toque de recolher

Houve flagrantes em sete municípios baianos

Ao final da primeira madrugada do toque de recolher na Bahia, 12 pessoas foram autuadas pela Polícia Civil por terem desrespeitado a medida entre as 22h de sexta-feira (19) e 5h da manhã deste sábado (20). O toque de recolher foi determinado pelo governo estadual em 343 municípios baianos como forma de combate ao avanço da covid-19. 

Segundo a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), houve flagrantes de desobediência do decreto estadual em sete cidades do interior da Bahia. As conduções ocorreram Santo Amaro, Ipiaú, Anagé, Ruy Barbosa, Serrinha, Itabuna e Teixeira de Freitas. 

Os 12 conduzidos foram autuados nos artigos 268 (Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa) e 330 (Desobedecer a ordem legal de funcionário público). 

Depois de prestar depoimentos e assinar os termos circunstanciados, as 12 pessoas estão à disposição da Justiça para aplicações de sanções.

Condução
Além dessas 12 autuações, cinco pessoas foram conduzidas a delegacias pela Polícia Militar em Salvador. Os flagrantes de desobediência civil aconteceram no Complexo do Nordeste de Amaralina, onde quatro pessoas foram conduzidas e, em Paripe, no Subúrbio, onde um homem foi detido com som automotivo. O equipamento também foi apresentado na delegacia.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas