Empreendedorismo com estilo e identidade

empregos
26.10.2021, 20:33:46
Atualizado: 27.10.2021, 19:06:47
Guegueu buscou dar uma identidade a chamada street wear e deu início ao sonho de ser dono do próprio negócio (Arquivo Pessoal)

Empreendedorismo com estilo e identidade

Glebson Almeida, o Guegueu da GRV, conta como a falta de produtos locais foi o combustível para dar início ao próprio negócio

Sabe aquela roupa descolada, no melhor estilo street e long line? Em Salvador tem. Não se trata de lojas multimarcas, mas uma marca de fabricação própria e cheia de identidade: a GRV Modas(@grv_modas). 

A iniciativa nasceu do desejo do técnico de farmácia hospitalar Glebson Almeida, mais conhecido como Guegueu, que gostava do estilo, mas não encontrava nada diferenciado e com uma identidade local. Inicialmente, ele teve uma loja para revender as marcas que considerava mais interessante “Na época, fazia faculdade de engenharia de petróleo e gás e, nas aulas de autoCad, e a ideia de desenhar começava a me animar a criar minhas próprias peças”, completou.

O empresário tem lutado para garantir a abertura de novos mercados e a ampliação da marca que tem no público jovem os maiores consumidores (Foto: Divulgação)

A história de Guegueu e da GRV serão temas do programa ao vivo Empregos e Soluções dessa quarta-feira, 27, às 18 horas, na página do Jornal Correio. Durante a conversa com a consultora e especialista em pequenos negócios Flávia Paixão, o empreendedor falará da infância, quando ajudava o pai, que trabalhava embarcado, mas que mantinha um mercadinho com a mãe e das inúmeras experiências de ter uma complementação de renda e de concretizar sonhos.

A experiência da pandemia também estará presente. No ano passado, prestes a lançar uma coleção, o empresário precisou reverter o material adquirido em máscaras e viu os rendimentos caírem. “Não fechamos, havia um movimento pequeno de consumo e aquele momento terminou nos mostrando outras possibilidades”, conta. 

Para saber mais, acompanhe o programa ao vivo que terá início às 18h, mas ficará gravado para quem quiser rever algum trechinho.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas