Empresário baiano que se passava por francês havia 14 anos é indiciado no Amapá

brasil
08.05.2021, 17:10:10
Atualizado: 08.05.2021, 17:43:11
Ponte que liga Amapá e Guiana Francesa (Foto: Divulgação/Préfecture de la Guyane)

Empresário baiano que se passava por francês havia 14 anos é indiciado no Amapá

Suspeito vai responder por falsidade ideológica

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

Um empresário baiano de 53 anos foi indiciado na Polícia Civil do Amapá pelo crime de falsidade ideológica. De acordo com o G1 do Amapá, o homem usava há pelo menos 14 anos um documento sem qualquer validade onde dizia ser francês.

Com a identidade falsa, ele realizava negócios tanto no Brasil quanto na Guiana Francesa, que pertence à França.

As investigações descobriram que o suspeito conseguiu o documento falso no estado do Pará. Nele consta que o empresário é cidadão da Guiana Francesa.

Ainda de acordo com o G1, contra o suspeito foi aplicada a lei nacional na qual é permitido que o homem responda pelo crime no território brasileiro. Portanto, o empresário foi indiciado no Amapá.

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas