Empresário ensina o segredo para vencer na crise

empregos
02.09.2020, 21:25:00
Atualizado: 02.09.2020, 21:44:22
Paulo Barbosa foi buscar nas tradições familiares a inspiração para criar uma marca de roupas, que vem crescendo em plena pandemia (Divulgação)

Empresário ensina o segredo para vencer na crise

O segredo está no auto conhecimento, a paixão e o cuidado com o outro

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

A cultura iorubana compreende que a vida é uma teia de conexões perfeitas e delicadas, onde tudo está conectado e se interliga.  O passado e o presente, a verdade de cada um e dos que rodeiam, o que se dá e o que se recebe. Essa sabedoria ancestral foi se incorporando na vida do turismólogo, dançarino por formação e especialista em moda, o proprietário da marca Closed Clothing, Paulo Barbosa. 

Da sua vivência como um homem gay nasceu a vontade de vestir roupas que traduzissem seus anseios. Da experiência com o turismo e as viagens internacionais vieram as conexões que possibilitaram levar a marca de roupas ao mundo e ampliar negócios, mesmo durante a pandemia. Da casa materna e paterna, aprendeu a negociar, a gostar de tecidos e de uma moda que consiste em se expressar quem se é. O mundo da dança mostrou como o corpo é um templo e que deve ser honrado e vestido com beleza e conforto, sem aprisionamentos. O trabalho como sacoleiro, mostrou como se conectar com o público.

Paulo e o marido Robert cuidam de todos os aspectos que envolvem o negócio, mas contam com a ajuda da família e dos colaboradores (Foto: Reprodução/ Instagram)

O resultado de todas essas vivências foi apresentado na live Empregos e Soluções do Jornal Correio, no Instagram. Sob o comando da administradora e consultora Flávia Paixão, Paulo fez questão de ressaltar que o desafio de lidar com todo o processo de criação, produção, vendas e expansão da marca é possível graças ao apoio e trabalho de outras pessoas que, assim como ele, acreditam na verdade da marca e das peças elaboradas. Do esposo Robert, que cuida da comunicação estratégica; a assessora indefectível Regina e as costureiras, a família que garante apoio. “Muitas vezes, os empreendedores reclamam que não encontram colaboradores que ‘vistam a camisa’, esquecendo que não é possível encontrar quem cuide quando não se quer cuidar”, disse, lembrando a importância de trazer a verdade dos propósitos e de emanar essa energia para atrair a mesma sintonia dos colaboradores. 

Na oportunidade, Flávia Paixão reforçou conceitos e valores sempre defendidos nas suas palestras e consultorias: todo negócio precisa de uma personalidade, uma essência que faça diferença para outras pessoas. “As pessoas não compram apenas roupas, elas querem fazer parte de um comportamento, da essência presente nos produtos e isso a Closed Clothing tem de sobra”, enfatizou. 

As lives Empregos e Soluções são realizadas todas as quartas-feiras, sempre às 18 horas, no perfil do Jornal Correio no Instagram. 
 

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas