Entendendo o brasileiro conectado

tecnoporto
19.06.2019, 10:51:06

Entendendo o brasileiro conectado

A pesquisa Panorama sobre o uso de apps no Brasil, feita pelo site de notícias Mobile Time e a empresa de soluções em pesquisas Opinion Box, mostra o desenho de como está mudando rapidamente a forma de usar celulares em nosso país. A pesquisa foi aplicada on-line, de forma independente, no mês de abril de 2019. Nela foram colhidas informações de 1.763 brasileiros que acessam a Internet e possuem smartphone, respeitando as proporções de gênero, idade, faixa de renda e distribuição geográfica do Brasil. As conclusões mostram uma mudança rápida no comportamento do brasileiro em relação à internet e ao uso do maior aliado para essa conexão, o smartphone.

Smartphone = conexão

Antes de entrar nos dados da pesquisa do uso da revolucionária ferramenta chamada smartphone, vamos a alguns números em relação ao uso desses aparelhos. Segundo a 30ª Pesquisa Anual de Administração e Uso de Tecnologia da Informação nas Empresas, realizada pela Fundação Getúlio Vargas de São Paulo (FGV-SP), já temos no país mais de um smartphone por habitante. O pesquisador Responsável pelo estudo, o professor Fernando Meirelles, afirma que o número de smartphones nos próximos anos deve chegar a algo em torno de 240 milhões. Só no último ano entraram em operação 10 milhões de aparelhos desse tipo. Para se ter uma ideia de proporção hoje são 230 milhões de celulares em funcionamento no Brasil, ou seja, em breve – em se confirmando a tendência do estudo – teremos praticamente apenas smartphones em uso no país.

E como usamos?

Voltando à pesquisa Panorama, o uso do smartphone vem mudando de forma acelerada por aqui. O certo, pelos números, seria até deixar de chamar de telefone. O número de pessoas que tirou da tela inicial o ícone de chamadas telefônicas dobrou de 2017 para cá. 13% dos usuários não têm mais o telefone na tela principal. Em relação ao SMS, 25%  já não têm mais o ícone na tela dos celulares. O amadurecimento do uso dos aparelhos também é crescente. Segundo a pesquisa 62% de quem tem smartphone já usa o equipamento há mais de 3 anos. O sistema operacional Android é o mais usado. Está em 91% dos celulares. Apenas 7% usam IOS e só 2% optam por sistemas diferentes.

Somos nossos apps

Mais de 30 % dos pesquisados instalou ou desinstalou apps nas 24 h que antecederam a pesquisa. E quase metade fez algum movimento de instalação ou desinstalação no período de um mês. Em relação a ter instalado algum aplicativo no smartphone a operação já foi feita por quase todos que usam, cerca de 96% dos usuários. Os apps campeões de presença nas telas iniciais são Whatsapp (59%), Facebook (47%) e Instagram (37%). Eles são seguidos por Uber (16%), Facebook Messenger (15%) e Youtube (12%). A pesquisa também revelou que 38% das pessoas que usam smartphones já concordam em pagar para assistir filmes e séries no celular, e dentro desse universo o Netflix é o campeão de uso atingindo 92% desses usuários. Pagar para ouvir música também já é aceito por 20% de quem usa smartphone e foi alvo da pesquisa. Nesse item o primeiro colocado é o Spotify (61%) seguido do Deezer (27%). No terceiro lugar no ranking de aplicativos de música, segundo a pesquisa, vem bem de longe o YouTube Music sendo usado por apenas 3% de quem paga por música em smartphones.

Em relação aos jogos as entrevistas mostraram que o Candy Crush perdeu a liderança. Ele agora é o mais jogado por 10 % dos usuários de smartphones. Na frente vem o game de ação e aventura Free Fire, o mais utilizado por 12% dos jogadores. Para o Professor e pesquisador da FGV-SP, Fernando Meirelles, a quantidade de aparelhos por habitante não deve aumentar a ponto de chegar a dois smartphones por pessoa. E ele arremata: "As pessoas não têm mais dois smartphones, um corporativo e outro pessoal. Já se usa um aparelho só para as duas funções.

Além disso, não há incentivo das operadoras para os usuários terem mais de um celular - antigamente, promoções justificavam que um usuário tivesse um chip de cada companhia”. Se quiser ver a íntegra das pesquisas que comentei aqui acesse  https://panoramamobiletime.com.br/ e https://eaesp.fgv.br/ensinoeconhecimento/centros/cia/pesquisa.



Relacionadas
Correio.play
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/arma-falha-varias-vezes-em-tentativa-de-feminicidio-no-amazonas-veja-video/
Sem conseguir matar esposa, homem deu coronhada e fugiu, mas acabou preso
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/achei-que-era-so-um-peido-diz-anitta-ao-contar-dia-em-que-se-borrou-assista/
Situação ocorreu no ano passado, na Colômbia, e deixou cantora traumatizada
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/medo-de-ter-contato-novamente-diz-professora-intoxicada-por-oleo-em-itapua/
Tailane diz que também abrirá mão de caminhadas na areia da praia
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/corpo-da-modelo-que-caiu-de-jet-ski-em-barragem-na-bahia-e-encontrado/
Natural de Jacobina, jovem havia desaparecido em Ponto Novo no último sábado 
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/projeto-comprova-faz-aulao-sobre-como-verificar-conteudos-falsos-nas-redes-assista/
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/modelo-de-18-anos-desaparece-apos-cair-de-jet-ski-em-barragem-na-bahia/
Buscas continuam em Ponto Novo; jovem é natural de Jacobina
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/astros-das-series-la-casa-de-papel-e-esquadrao-6-vem-ao-brasil/
Netflix confirmou presença dos artistas em paineis na CCXP 2019, no dia 8 de dezembro em São Paulo
Ler Mais
https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/descarte-de-500-kg-de-petroleo-cru-em-area-ambiental-de-marau-e-investigado/
Prefeitura nega responsabilidade e diz que investiga culpados
Ler Mais