Epicentro da pandemia nos EUA, Nova York se aproxima de 10 mil mortos

coronavírus
12.04.2020, 15:56:48
Atualizado: 12.04.2020, 16:02:10
(AFP)

Epicentro da pandemia nos EUA, Nova York se aproxima de 10 mil mortos

As informações foram divulgadas pelo governador do estado, Andrew Cuomo

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

O estado de Nova York somou 758 mortes em 24 horas em decorrência da covid-19. Agora, Nova York tem 9.385 óbitos atribuídos à doença pelo novo coronavírus, e deve superar a marca dos 10 mil mortos nas próximas horas. As informações foram divulgadas pelo governador do estado, Andrew Cuomo, em coletiva de imprensa transmitida nas redes sociais.

Em todo o Estado de Nova York, os contaminados já são mais de 180 mil. Nova York é o epicentro da contaminação nos Estados Unidos, que já passou do meio milhão de contaminados e tornou-se o país com mais vítimas da covid-19, com mais de 20 mil mortos de acordo com a Universidade Johns Hopkins.

Na coletiva, o governador Cuomo disse que ainda é prematuro falar em reabrir o comércio e retomar as aulas, mesmo com projeções que tratam o mês de junho como possível período para a flexibilização das medidas de restrição. "Ainda há um longo caminho até junho, não dá para prever nada", disse Cuomo.

Acesse todas as notícias sobre o coronavírus

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas