Escadas rolantes da Estação da Lapa serão desativadas neste domingo (2)

salvador
02.12.2018, 09:24:00
Atualizado: 02.12.2018, 11:15:00
((Foto: Marina Silva/Arquivo CORREIO))

Escadas rolantes da Estação da Lapa serão desativadas neste domingo (2)

Medida é temporária e acontece a partir das 16h por conta da Caminhada do Samba

Em momentos como o que vivemos, o jornalismo sério ganha ainda mais relevância. Precisamos um do outro para atravessar essa tempestade. Se puder, apoie nosso trabalho e assine o Jornal Correio por apenas R$ 5,94/mês.

As escadas rolantes da Estação da Lapa serão desativadas às 16h deste domingo (2). A medida foi adotada por determinação da Polícia Militar, após reunião com a administração do terminal e com os organizadores da Caminhada do Samba, que também acontece neste domingo, a partir das 14h.

Segundo a Estação da Lapa, a medida é por segurança, em virtude do aumento do fluxo de pessoas que passarão pelo local no horário. 

A entrada do Colégio Central, também por solicitação da PM, estará fechada. O acesso à Estação da Lapa se dará exclusivamente pela Av. Joana Angélica e Rua Coqueiros da Piedade.

Trânsito muda
Desde as 22h de sábado (1º), está proibida a circulação e estacionamento de veículos, exceto trios elétricos, no Largo do Campo Grande na via que margeia a Praça Dois de Julho e na faixa da esquerda, no trecho defronte ao Teatro Castro Alves (TCA). A alteração também é devido à Caminhada do Samba.

A Prefeitura de Salvador montou um esquema especial de serviços por conta da comemoração, com reforço em linhas de ônibus, limpeza e segurança. Em todo o percurso serão disponibilizados mais de 136 sanitários químicos em pontos estratégicos da festa como na Rua da Faísca (próximo ao Procon-BA), Praça Castro Alves e Largo da Piedade (em frente à Escola de Economia).

***

Em tempos de coronavírus e desinformação, o CORREIO continua produzindo diariamente informação responsável e apurada pela nossa redação que escreve, edita e entrega notícias nas quais você pode confiar. Assim como o de tantos outros profissionais ligados a atividades essenciais, nosso trabalho tem sido maior do que nunca. Colabore para que nossa equipe de jornalistas seja mantida para entregar a você e todos os baianos conteúdo profissional. Assine o jornal.


Relacionadas